Relacionamento

Marcos se declara para Emilly; é possível amar tão rápido?

Divulgação/Globo
Emilly e Marcos se beijam em noite de paredão Imagem: Divulgação/Globo

Thamires Andrade

Do UOL

22/02/2017 18h16

Só faz um mês que o BBB começou, mas, desde a primeira festa do programa, Marcos já quis ficar com Emilly. Após muita insistência, o casal deu o primeiro beijo e, em menos de uma semana, o brother já falou "eu te amo" para a sister. Mas, afinal, é possível dizer as três palavrinhas tão rápido?

Para Tatiana Leite, terapeuta de casal e de família com especialização em sexualidade humana, eles até podem estar construindo uma relação no reality, mas, no momento, o que os dois vivem é uma paixão e não amor.

Já Alexandre Bez, consultor conjugal e psicólogo especialista em relacionamentos pela Universidade de Miami, nos Estados Unidos, é da opinião que amores assim, à primeira vista, existem e podem durar para sempre. "É totalmente possível amar à primeira vista e muitos desses casais têm uma relação duradoura. O que detona uma relação não é como um casal se conheceu, mas as atitudes do dia a dia, se um dos pares não valoriza o outro, por exemplo, aí tudo pode ir para os ares", afirma.

Você acredita que é possível amar tão rápido, como Marcos e Emilly?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Amor x paixão

Sabrina Gonzalez, psicóloga clínica e hospitalar, explica a diferença entre amor e paixão: "A paixão é um estado de êxtase e idealização. Nesse momento, projetamos o que acreditamos que é ideal para gente no outro. Não conseguimos ver os defeitos do par, ou seja, não o enxergamos como um ser humano. Já no amor, há uma quebra dessa idealização, passamos a ver o outro como ele realmente é, tanto qualidades como defeitos, e, ainda assim, consideramos essa pessoa perfeita para gente", explica.

De acordo com Alexandre Bez, a paixão não é um sentimento, mas um estado de alma, que faz com que as pessoas sejam capazes de cometer loucuras. “Os estudos dizem que a paixão pode durar de seis meses a dois anos, mas tem muita gente que ama e tem paixão ao mesmo tempo. A diferença é que essas pessoas não tem os traços nocivos da paixão, como não conseguir viver longe do outro”

O tempo que as pessoas demoram para declarar o amor ao par já virou até tema de estudo. Uma pesquisa realizada na Universidade do Estado da Pennsylvania, nos Estados Unidos, mostrou que os homens dizem "eu te amo" mais rápido que as mulheres. E, na opinião de Tatiana, isso, de fato, acontece, pois as mulheres são mais cautelosas com os relacionamentos do que os homens.

Na opinião de Tatiana, é possível que o casal esteja vivendo uma paixão que será transformada em amor mais para frente. “O amor é um sentimento que está ligado a intimidade e cumplicidade e isso só construímos no dia a dia, com o tempo. Eles podem estar apaixonados, com aquela sensação de amor, mas esse sentimento é uma construção”, explica.

Confinamento muda tudo!

Que o confinamento da casa do BBB deixa tudo mais intenso, isso nós já sabemos, mas, de acordo com Tatiana, essa privação também leva as pessoas a se apaixonem mais rápido. “Além de estarem com as emoções e sentimentos à flor da pele, eles acabam vivendo tudo intensamente. Em um dia, você já passa horas conversando com uma pessoa, depois dorme com ela. É um grau de intimidade que faz com que as pessoas se apaixonem mais rapidamente”, acredita.

É só depois que eles saírem do reality que vão ser confrontados com os problemas da vida real que não acontecem no BBB, como a rotina do dia a dia e o trabalho. “No confinamento, esses problemas não existem. Por isso que muitos terminam depois de sair da casa ou pedem um tempo para pensar. Lá, eles fazem promessas de exclusividade, mas ao voltar para a vida real, o relacionamento precisa amadurecer para ser bem-sucedido”, explica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Blog da Regina
Redação
Blog Deu Match
Redação
do UOL
Blog Luciana Bugni
Blog Luiza Sahd
Blog da Regina
Blog Deu Match
do UOL
Redação
Redação
Blog Deu Match
Blog Luciana Bugni
Fabricio Carpinejar
Redação
Redação
Redação
ANSA
do UOL
AFP
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
EFE
Fabricio Carpinejar
Redação
Redação
do UOL
Fabricio Carpinejar
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Fabricio Carpinejar
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Topo