Sexo

De flagra a vômito: histórias constrangedoras que aconteceram no sexo

Letícia Vilela/Arte UOL
Imagem: Letícia Vilela/Arte UOL

Denise de Almeida

Do UOL

24/02/2017 04h01

O clima esquenta, tesão nas alturas e um cantinho a sós: tudo certo para curtir aquela transa. Mas tem vezes que as coisas fogem do controle e o que era para ser uma aventura sexual acaba virando um momento de constrangimento daqueles inesquecíveis.

Já aconteceu com você? O UOL ouviu algumas histórias que aconteceram com gente comum, para você ter certeza que não é o único a passar por isso. Confira abaixo.

* Os nomes dos entrevistados foram trocados, para preservar a identidade deles.

"Minha dança sensual acabou em acidente"
Estávamos no motel e decidi que faria uma surpresa para o namorado. Me vesti com uma lingerie sensual e fiz todos os preparativos que a situação pede. Ele estava lá na cama me esperando e decidi dançar para ele. Estava indo tudo bem e ele super curtindo. Até que, resolvi jogar o cabelo, tipo chicoteando para o lado, sem perceber que tinha uma TV de teto ali. Bati a cabeça na quina da televisão, com força.

O cara não sabia se me amparava ou se ria da situação. E eu não sabia se ria ou se chorava, afinal doeu demais. O clima demorou a reaparecer, mas como já estávamos lá, continuamos o que tinha começado. Só ficou um galo na cabeça. (Janaína)

"Minha avó flagrou minha primeira vez"
Fui passar férias na casa de alguns parentes, em Pernambuco. Eu tinha um rolo com um menino de lá e acabou pintando o maior clima. Resultado? Minha avó me flagrou perdendo a virgindade na despensa da casa dela! Quando ela abriu a porta, levou o maior susto. Eu só consegui dizer: "Ouvi um barulho e vim ver, pensei que fossem os cachorros brigando". (Jéssica)

"Vomitei no meio do sexo oral"
Após uma noite de muito vinho, eu e meu namorado fomos transar, já bem bêbados e empolgados. Fui fazer sexo oral nele e estava indo super bem, ele quase gozando. Mas acho que a movimentação toda e a quantidade de vinho ingerido antes me deixaram enjoada. Foi tudo muito rápido e eu estava ali focada na atividade. Pensei que o enjoo fosse passageiro. Mas quando ele gozou, eu vomitei junto, tudo meio ao mesmo tempo.

Aí foi aquela confusão de líquidos e eu corri pro banheiro, pedindo desculpas. A sorte é que estava tudo escuro. Depois do oral, ele capotou de sono e eu tirei o lençol e limpei o que dava. Quando ele acordou, eu pedi mil desculpas e aí percebi que ele não estava entendendo... ele nem tinha percebido. Ainda bem! (Juliana)

"Meu namorado fez xixi em mim"
Durante uma viagem, alguns amigos decidiram brincar de jogo da verdade. Na minha vez, me perguntaram qual era minha maior fantasia sexual. Tive que pensar muito rápido, pois não poderia falar que queria transar com vários homens negros - o meu namorado era loiro e também estava ali. Precisei inventar algo, para não magoá-lo. Então disse que tinha fantasia de "chuva dourada", pois já tinha ouvido falar e foi o que passou pela minha cabeça na hora.

Todos riram de mim, mas passou. Tempos depois, meu namorado estava na minha casa tomando muitas cervejas. Até que ele me pegou pela mão, me levou ao banheiro e disse, com muito orgulho, "vou realizar uma fantasia sua". Nessa hora eu tremi! Ele me fez agachar e fez xixi em mim, com uma cara que estava satisfazendo alguém. Eu só queria que aquilo acabasse e fiquei com muito nojo. Quis vomitar, mas aguentei até o fim e aprendi a não brincar nunca mais dessas coisas. (Antônio)

"Ele quase desmaiou na hora da transa"
Uma vez estava no maior clima com um cara, trocamos mensagens e fotos o dia todo. À noite, fui para a casa dele e começamos as preliminares. Tudo lindo até aí. Enquanto estávamos transando de ladinho, estava devagar e gostoso. Então ele pediu pra eu ir por cima dele. Continuamos daí, mas o homem começou a ficar com a boca branca e teve falta de ar.

Quando percebi, parei na hora e perguntei o que estava acontecendo. Comecei a abanar ele, ajudei ele a se levantar, abri a porta da sala, liguei o ventilador: fiz de tudo. Ele foi voltando ao normal aos poucos. Era só a pressão dele que tinha caído, mas foi um susto terrível. Fiquei ali até ele se sentir melhor. Cortou na hora o clima e nunca mais falamos sobre o assunto. (Flávia)

"O amigo dele me flagrou pelada!"
Durante uma viagem internacional, me envolvi com um cara americano. Como fiquei hospedada em um hostel, a solução foi ir para o hotel onde ele estava hospedado, para termos privacidade. Só que bem na hora em que estávamos mais empolgados, o amigo dele entrou no quarto. O cara tentou continuar, mas depois do outro ter me visto pelada, eu brochei totalmente.

Para piorar, com o nervosismo, eu não conseguia me comunicar direito com ele. Entendia que ele estava me implorando por sexo, mas não sabia como dizer, em inglês, que eu não estava mais no clima. Acabei falando "f* you" ("vá se f*") e ouvi ele dizer de volta que eu tinha magoado ele. (Luana)

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
comportamento
Redação
Redação
Opiniões Estilo
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Estilo
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo