Equilíbrio

Criativo ou com iniciativa? Sua letra pode indicar traços de personalidade

Arte/UOL
Ilustra de abertura matéria grafologia Imagem: Arte/UOL

Denise de Almeida

Do UOL

Seja você é destro ou canhoto, tem uma letra bonita ou não, sua forma de escrever pode dedurar aspectos da sua personalidade. É o que garantem os grafólogos, especialistas que se dedicam a analisar a caligrafia para desvendar traços do comportamento humano.

"É um princípio neurológico: eu não escrevo com a mão, escrevo com o cérebro, através de pulsos neurológicos que estimulam músculos que vão gerar a escrita. Através do movimento muscular, chegamos a questões psicológicas", explica Edilson Fernandes, professor de grafologia, consultor da área e psicólogo. "Em certa medida, a escrita está atrelada ao cérebro, a questões neurológicas. Se consigo reconhecer os padrões, consigo fazer associações".

Esse tipo de estudo segue o mesmo princípio do chamado teste psicotécnico, já conhecido por quem tirou a Carteira Nacional de Habilitação. Segundo Fernandes, a grafologia é uma análise combinatória entre questões neurológicas, simbólico-gráficas e sociais. A análise vai muito além da beleza da escrita. Letra mais ou menos redonda, a forma como você corta o T, como faz o pingo do I, o jeito como você ocupa o espaço da folha ao escrever e muitos outros elementos são estudados pelos especialistas. 

Cada um desses elementos tem um significado e ainda há uma análise combinatória imensa. "A gente levanta 418 elementos distintos em um processo de análise grafológica. O volume de informação é muito grande", revela Fernandes.

Por conta disso, ele explica que é preciso tomar cuidado ao analisar cada traço de forma isolada e que é importante comparar com outros sinais.

"O corte do T mais à direita quer dizer iniciativa. Só que eu avalio iniciativa em sete lugares diferentes. Então vamos supor que uma pessoa tenha o corte do T com iniciativa, mas as outras pistas gráficas digam que não tem. Se ela focar só o corte do T ela pode errar a avaliação, porque não está olhando o todo".

Fernandes conta que o método costuma ser usado por profissionais de RH que trabalham no departamento de seleção. É pedido que os candidatos façam uma redação, em um papel branco e sem linhas. "Então eles fazem a avaliação e olham as características que chamam mais a atenção. É um sujeito mais criativo ou não? Depois de tomar notas, ele vai entrar na entrevista com essa pessoa para checar essas hipóteses iniciais que ele pegou na grafologia. Mas eles não vão contratar alguém que não tenha competência só porque tem o perfil de personalidade maravilhoso. Não funciona desse jeito".

Confira abaixo alguns exemplos de interpretação da grafologia, fornecidos por Edilson Fernandes.   

Letras muito grandes ou pequenas

Alguém que ocupa mais espaço na folha ao escrever tende a ser alguém mais expressivo. Já quem tem uma letra pequena é alguém mais introvertido, mais reservado.

Escrever com força

Existe um mito de que escrever com muita força, deixando o papel marcado no verso, é apontado como agressividade. Isso é um equívoco. Essa característica está associada à energia e vitalidade. 

Corte do T

Se faz o corte do T mais em cima, a pessoa prefere mandar do que ser mandado. Pode ser sinal de liderança ou pode ser alguém "mandão". Se o corte estiver mais para a direita, indica decisão e audácia. Se o corte do T emenda com a letra seguinte, revela praticidade. 

Letra M

Se a última parte do M é mais alta, revela necessidade de reconhecimento e aceitação. Se o M tem ligação em guirlanda (veja ilustração), indica rápida adaptação ao meio ambiente, receptividade e bondade.  

Pingo do I circular

Indica narcisismo, caprichos e desejo de chamar a atenção. 

Letra P em forma de V

É sinal de espírito empreendedor, de iniciativa e inteligência.  

Letra H com arcada angulosa

Se bem feita, indica precisão técnica.

Letra A ou O com ângulo para baixo

Revela irritabilidade e pode revelar relacionamento difícil.

Organização do texto

Um texto organizado -- onde linhas são paralelas, se respeita parágrafo, tem margem esquerda retilínea -- isso normalmente fala da organização interna da pessoa ou o jeito que ela lida na vida. Então, um texto em que linhas e parágrafos não são organizados aponta que a pessoa não é tão organizada.  

Letra redondinha

Pessoas que têm uma letra bem redondinha tendem a ser mais doces, mais emocionais. "Mas isso é uma tendência, porque dentro dessa letra circular teria que olhar outros detalhes para confirmar isso ou não. Pode acontecer de ser uma letra toda redondinha e ter sinais de agressividade também. É como se a pessoa tivesse um pouco de doçura, mas tivesse momentos de explosão também", ressalta Fernandes.

Letra de forma

Existe um mito de que a pessoa que escreve com letra de forma está escondendo os sentimentos dela, não quer se mostrar. "Isso é um erro técnico do tamanho do mundo", revela o especialista. O elemento da letra de forma está associado a pensamento. Pessoas mais racionais do que emocionais, que resolvem a vida de uma forma mais lógica, através do pensamento, têm uma tendência a escrever com letra de forma. 

Letra feia

Fernandes conta que a letra feia ser algo negativo é mito. A letra ilegível é normalmente de alguém que escreve bem rápido. "Se eu penso muito rápido, tendo a escrever rápido. Então, o escrever rápido está associado à inteligência. É como se a cabeça dele tivesse uma competência de ideias maior do que a mão dele. A cabeça já foi e a mão não conseguiu acompanhar".

Outro ponto é uma questão social. "Se estou escrevendo tudo feio e o outro não está entendendo é como se eu tivesse uma coragem de ser eu mesmo, mesmo que o outro não me compreenda direito", explica o grafólogo. "Se a gente pega a letra de uns gênios, a letra do Einstein, do Freud, não é bonita". 

O especialista ressalta que a letra feia pode ser também causada por uma disfunção motora ou ser apenas de uma pessoa pouco caprichosa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
NE10
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Público
Topo