Equilíbrio

Quer viver além dos 80 anos? Tenha filhos, indica novo estudo

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL

Segundo um estudo do Instituto Karolinska e a Universidade de Estocolmo, na Suécia, longevidade e paternidade estão relacionadas principalmente para quem chega à faixa dos 80 anos.

Já foi descoberto que pais têm mortalidade menor que pessoas sem filhos, o que é explicado, segundo cientistas, pelo apoio dos filhos adultos durante a velhice dos progenitores. A pesquisa em questão, porém, focou nas idades mais avançadas.

A pesquisa publicada no Journal of Epidemiology and Community Health colheu até 2014 dados de 704481 homens e 725290 mulheres suecos nascidos entre 1911 e 1925, assim como os de seus filhos. Os riscos de morte relacionados a idade foram calculados a cada ano e comparados entre indivíduos com pelo menos um filho e outros, sem filhos.

A conclusão foi a de que homens e mulheres com pelo menos um filho apresentam menos riscos de morte que os que não passaram pela maternidade e paternidade. Aos 60 anos, a diferença de expectativa de vida entre estes dois grupos foi de 2 anos para homens (pais teriam mais 20 anos de vida e homens sem filhos, 18) e 1,5 ano para mulheres (mães com expectativa de mais 24,6 anos e não-mães, com 23,1 anos) . Aos 80, pais têm expectativa de viverem mais 7,7 anos e mães, 9,5 anos, comparado a sete anos para homens e 8,9 anos para mulheres sem filhos.

Outra conclusão é a de que o risco de morte em um ano para os homens de 80 anos com pelo menos um filho é de 7,4%, comparado aos 8,3% para um indivíduo sem filhos na mesma faixa etária.

Segundo comunicado à imprensa, os pesquisadores afirmam que a associação entre ter filhos e longevidade mais evidente em idades avançadas evidencia que a ausência de apoio da prole é ainda mais prejudicial no fim da vida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
NE10
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo