Comportamento

Victor do MasterChef é pai de Aiko, menino feliz com dois pais e duas mães

Arquivo Pessoal
No dia do nascimento de Aiko, da esquerda para a direita, Olivier, Victor, Nami e Azsa, com o bebê no colo Imagem: Arquivo Pessoal

Adriana Nogueira

Do UOL

28/04/2017 12h00

Nesta quinta-feira (27), Aiko Joaquim completou um ano de idade e de Tóquio, onde mora com as duas mães, as americanas Nami Hall e Azsa West, reuniu a família em uma chamada de vídeo internacional. Conectados ao trio estavam Victor Vieira, participante do programa “MasterChef” (Band) e um dos pais do menino, falando do Brasil, e Olivier, noivo de Victor e o outro pai do garoto, direto de Shangai, na China.

A existência de Aiko foi revelada por Victor, na terça-feira (25), durante o reality show culinário, e chamou a atenção dos seguidores do cozinheiro no Twitter, que o elogiaram por contar sua história na TV aberta.

Arquivo Pessoal
Victor com Aiko, em um sling Imagem: Arquivo Pessoal
Em entrevista ao UOL por e-mail, Nami, que é coreógrafa, conta que conheceu Victor em Shangai, meses antes de engravidar, na casa de um amigo em comum.

“Logo nesse encontro, minha mulher perguntou se ele teria interesse em nos ajudar a ter um bebê. Ele ligou para o noivo naquela noite, e concordamos em continuar conversando sobre isso.”

Nami fala que, durante um mês, os quatro foram se conhecendo mais e mais até que um dia marcaram de jantar todos juntos, na casa que ela dividia com Azsa, na cidade chinesa.

“Fiz uma comida para aumentar a fertilidade, espalhei um monte de velas pela casa, em uma ‘vibe’ bem romântica. Bebemos muito champanhe, e Victor nos deu o que precisávamos para fazer um bebê, seu esperma em um copo esterilizado. Victor e Olivier foram embora, eu e Azsa fizemos o resto. Duas semanas depois, eu estava radiante e grávida. Fizemos tudo em casa [a fertilização], sem intervenção médica. Dei à luz 38 semanas depois, em Shangai, e estavam todos lá.”

Segundo Nami, até a mãe de Victor foi à China para acompanhar o nascimento do neto e ficou no país por um mês para ajudar nos primeiros cuidados com o menino.

A harmonia entre as famílias unidas com o nascimento do menino é tanta que há uma torcida transcontinental pelo participante do “MasterChef”. “Assistimos ao programa, e minha família inteira na América também.”

Mesmo tão pequeno, Aiko escuta o tempo todo sobre sua origem. “Ele é, de fato, um menino muito feliz, com duas mães e dois pais”, afirma Nami.

Arquivo Pessoal
Azsa e Nami com Aiko Joaquim, que completou um ano Imagem: Arquivo Pessoal

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
do UOL
UOL Estilo
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Comportamento
BBC
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
Topo