Sexo

Saiba o que irrita cada signo na hora do sexo

iStock
Imagem: iStock

Heloísa Noronha

Colaboração para o UOL

04/05/2017 04h00

Geminianos se aborrecem com a mudez do par, já os nativos de Escorpião detestam reações escandalosas na cama. Cancerianos precisam de calma para se entregar, enquanto sagitarianos abominam quem não curte aventuras. A astróloga Helu Brião conta o que cada signo repele na cama e como lidar melhor com certas particularidades.

Áries (21/03 a 20/04)

No geral, os nativos desse signo apreciam o desafio da sedução e preferem dominar a serem dominados. Então, se quer conquistar alguém de Áries, faça de modo que a pessoa pense que é ela quem está no comando da situação. Arianos não têm muita paciência com planejamentos -- a não ser que envolvam a realização de fantasias sexuais. Sexo com horário, dia e local marcados arruínam sua libido, assim como parceiros muito metódicos, certinhos e pouco criativos. Nem pense em seguir o mesmo script de preliminares, carícias e posições na cama!

Touro (21/04 a 20/05)

De essência pragmática e realista, os taurinos recuam quando as coisas vão muito rápido. Eles se sentem desconfortáveis quando desconhecem os limites -- os seus e os do par. Preferem se entregar aos poucos e, por isso, se irritam com quem vai com muita sede ao pote. Preliminares são essenciais: toques, sussurros e olhares estimulam a química da relação. Cada parte do corpo do par, e de seu próprio corpo, deve ser conquistada com calma. Às vezes um som diferente ou um olhar de escárnio pode atrapalhar todo o clima, assim como propor poses mirabolantes de última hora. Taurinos prezam o conforto e detestam invenções incômodas, como transar no chão da cozinha ou na pia do banheiro durante uma festa.

Gêmeos (21/05 a 20/06)

Seriedade demais afasta os geminianos, assim como não falar absolutamente nada durante a transa. Eles encaram o sexo como uma experiência lúdica; se você não curte brincadeiras eróticas e fantasias, melhor cair fora. De espírito livre, também detestam perguntas que tendem à comparação com amores do passado, como “faço melhor que ele?” ou “sua ex era tão boa de cama como eu?”. Passar horas fazendo a mesma coisa para tentar levar uma pessoa de Gêmeos ao orgasmo é perda de tempo e só vai exasperá-la. O ideal para esse signo tão inquieto é variar ritmos, poses, frequência, carinhos... E mais: um ambiente muito bem pensado -- como os de motéis temáticos -- talvez crie distrações desnecessárias à sua curiosidade constante e tire sua concentração.

Câncer (21/06 a 21/07)

A pressa e um jeito meio impositivo de falar tendem a não ter sucesso com esse signo em uma relação nova. Como os demais signos de água, Câncer precisa de um tempo para o envolvimento, até que se sinta seguro para se entregar. A falta de carinho, no toque ou no olhar, esfria o clima. A preliminar normalmente começa muito antes do beijo, no clima instaurado. A segurança é passada para os cancerianos por meio do sensorial: pode ser no ambiente, na comida ou no roçar de dedos. Posições mirabolantes, que não permitem muitas trocas de carinho, tendem a não interessar, assim como sexo em lugares onde não se sintam seguros. Propor sexo transgressor com a família no cômodo do lado é uma ideia nem um pouco convidativa. Outra coisa que os deixa profundamente nervosos é o par não querer ficar na cama abraçado depois do sexo.

Leão (22/07 a 22/08)

Adoram clima sedutor e muitas vezes podem estranhar se todos os preparativos sensuais que criaram no quarto forem ignorados. Se para os outros signos de fogo (Áries e Sagitário) o metodismo não é muito bem-vindo, para Leão ele serve para estimulá-lo mais. Os nativos desse signo deixam de se envolver quando as coisas ficam muito apressadas. Como apreciam se sentir valorizados, uma rapidinha em qualquer lugar, com uma posição genérica, pode deixá-los com a sensação de que o sexo foi só uma tarefa a cumprir no dia. Com eles, não pode ser “tanto faz, tanto fez”: seu objetivo é conquistar e aproveitar muito bem cada etapa do sexo. O leonino é vaidoso e capricha nos detalhes: tirar a roupa íntima dele em alguma ocasião especial e nem reparar nas peças escolhidas com tanto cuidado vai gerar uma decepção e tanto.

Virgem (23/08 a 22/09)

Gosta de preliminares, dos gestos carinhosos que o façam estar presente a cada evolução da excitação do casal. Ou seja: pressa para a penetração pode brochá-lo ou levar à perda da animação. São pessoas muito autocríticas, assim, tendem a esperar que as demais os sejam também. Preza a ordem, a limpeza e a organização, mas os padrões, obviamente, variam de acordo com cada um -- e tudo depende da conexão com o par, obviamente. Alguns vão odiar transar em banheiros, outros não verão problema se o local estiver razoavelmente limpo. Na verdade, o que realmente irrita virginianos é o comodismo e o egoísmo alheios, quando o outro começa a pensar mais no próprio prazer e menos no prazer em conjunto. E isso inclui a falta de higiene pessoal mínima.

Libra (23/09 a 22/10)

Ficam possessos quando o par se fecha e banca o “enigmático”. O mistério tem sempre certo charme, claro, mas pode ser extremamente exaustivo para o libriano conquistador tentar adivinhar o que está agradando ou não na hora do sexo. Ele precisa sentir que está criando uma parceria, do início do beijo ao gozo. Pensamentos típicos: “Você está prestando atenção no que eu faço? Está prestando atenção na minha reação quando você beija em tal lugar?”. A relação muito apressada e que não o deixa observar as próprias reações e as do par tendem a desinteressá-lo. Determinadas palavras ou gestos bruscos podem causar estranhamento na maioria dos librianos, que apreciam certos padrões. Assim, alguns vão odiar palavras vulgares na hora H, outros vão rechaçar puxões de cabelo ou uma pegada mais agressiva. Também detestam ritmo extremamente acelerado -- eles gostam de curtir o momento --, ambientes barulhentos e falta de criatividade e iniciativa.

Escorpião (23/10 a 21/11)

Se alguns signos estranham quando o par não valoriza o empenho para criar um clima sedutor, Escorpião tende a se incomodar com a falta de entrega. Não adianta nada tentar impressionar os nativos desse signo com um quarto decorado no capricho ou roupas íntimas diferentes se não houver olho no olho. Timidez excessiva o tira do sério. A maior sedução, para os escorpianos, é a disposição para compartilhar a fusão de almas e corpos. Sexo é praticamente uma experiência mística para eles, que preferem ouvir apenas sussurros e gemidos sutis a gritos e performances escandalosas.

Sagitário (22/11 a 21/12)

A espontaneidade move esse signo, então o par tem de acompanhá-lo nas ideias que surgem. Na sala, no corredor, na rua... Alguém que teme se aventurar na hora em que a coisa esquenta pode deixá-lo sem reação. Tudo bem não querer topar todas as loucuras, mas é importante propor algo na mesma linha de raciocínio em vez de julgá-lo ou simplesmente fugir. Planejamento excessivo pode tirar muito de sua energia na hora do sexo. Se percebe preconceitos que não estão de acordo com sua filosofia de vida, tende a se afastar. Isso inclui pessoas que se levam a sério demais, não aceitam piadinhas e fazem críticas. Segundo a cartilha de Sagitário, para a química fluir tem de haver bom humor para rir quando a posição não dá certo, por exemplo. A sinceridade é uma das coisas mais fortes desse signo e alguém muito calado, com muitos melindres, que não se abre para dizer o que quer, pode irritá-lo.

Capricórnio (22/12 a 20/01)

A espontaneidade exagerada pode afastá-lo. Teme aventuras instáveis e resiste um pouco a poses mirabolantes, lugares incomuns e brinquedinhos-surpresa. Piadinhas cínicas na hora do sexo também o repelem. Gosta de sentir que está seguindo um caminho certo, então receber dicas de como agir para aumentar o prazer não é problema. Mas fazer isso com ironia, sim; tende a minar sua libido. Como os demais signos de Terra (Touro e Virgem), tende a se entregar menos se não houver estímulos sensoriais. Uma boa preliminar o agrada, mas recursos mirabolantes demais podem deixá-lo arredio. Ficar cobrando constantemente aventuras sexuais como um aumento de patamar na relação o enervam, assim como exigências de demonstrações entusiásticas de seu amor. A lógica capricorniana: se não sentisse nada, não estaria ao seu lado. E ponto final.

Aquário (21/01 a 19/02)

Pessoas desse signo se irritam com mesmices, sexo padrão, posições repetidas e hora marcada. Também se decepcionam quando o par demonstra muito preconceito diante da ousadia de suas propostas. Tudo bem não querer sexo a três, mas precisa mesmo debochar? Ou demonstrar uma visão muito tradicional? A lentidão com excesso de carinho pode distrair os aquarianos e não deixá-los muito focados no ato. Ainda assim, por mais que gostem de algo diferente, é bom não surpreendê-los sem ver algumas limitações do signo. Aquário representa modernidade, o rompimento com velhos padrões, mas nem tudo entra nessa lista. Cada um faz a sua. É bom se assegurar de quais são as percepções dele sobre aquele brinquedo, sexo em público, troca de casais (com quem? como?)... Tateie seus limites. Não duvide que, se for algum modismo, ele pode repudiar e ainda julgar o parceiro como um “Maria vai com as outras”. 

Peixes (20/02 a 20/03)

Não gosta que o apressem ou o pressionem para uma superperformance. O sexo tem de ser espontâneo e suave, mas não necessariamente vagaroso: a fluidez aqui está relacionada a disponibilidade para a conexão das pessoas envolvidas no ato. Os signos de água tendem a apreciar mais carinhos, olhares de entrega, sussurros de amor. Exigências e comentários irônicos podem tirar os piscianos do clima, mas eles estarão sempre abertos a sugestões e pedidos, desde que sejam feitos de forma gentil. Debochar de fantasias, sexo por telefone ou qualquer outra tentativa de deixar a relação mais sensual por meio de um recurso subjetivo pode ferir sua suscetibilidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Redação
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Topo