Relacionamento

Perguntaram se eu era mãe dele, diz fotógrafa 17 anos mais velha que marido

Arquivo Pessoal
Cris Menez é 17 anos mais velha do que o marido, Felipe Lage Imagem: Arquivo Pessoal

Adriana Nogueira

Do UOL

13/05/2017 04h00

Em entrevista para o jornal "Le Parisien", na última semana, o presidente eleito da França, Emmanuel Macron, atribuiu à misoginia e à homofobia as reportagens que colocam em dúvida o seu casamento com Brigitte Trogneux, 24 anos mais velha do que ele. "Se eu fosse 20 anos mais velho que minha mulher, ninguém teria pensado por um único segundo que eu não poderia ser [um parceiro íntimo]. É porque ela é 20 anos mais velha do que eu que muitas pessoas dizem que nossa relação não pode ser sustentável ou possível", falou Macron. O julgamento não é cruel só porque se trata de um casal famoso. O UOL conversou com a fotógrafa Cris Menez, 43, 17 anos mais velha do que o marido, Felipe Lage, que falou sobre como esse olhar preconceituoso afeta seu dia a dia.

"Eu me casei muito cedo e fiquei casada por quase 20 anos, mas não estava feliz nessa relação. Demorei a amadurecer, ficava em busca da pessoa ideal.

Vivia sempre me divertindo com amigos e, em uma dessas saídas, conheci o Felipe. Foi no aniversário de uma amiga em comum. Ela tem uma filha, amiga dele. De cara, eu me interessei por ele e começamos a sair. A diferença de 17 anos entre a gente não atrapalhava em nada na nossa relação.  

Espiritualmente, eu me achava da mesma idade dele. Com o tempo, comecei a prestar atenção que, sempre que a gente ia a festas ou restaurantes, as pessoas reparavam. Ficava muito incomodada com os olhares. Nunca dava a mão para ele em público e nem beijava.

Para piorar, a família dele era contra o relacionamento. Até porque eu ainda morava na mesma casa do meu ‘ex’. Foram quatro anos para conseguir me separar. Depois que passou essa fase, meus sogros passaram a gostar de mim e hoje, felizmente, a relação com a família dele é ótima.

Do meu lado, o meu irmão demorou a aceitar, mas hoje está tudo bem. Estamos juntos há cinco anos e quatro meses. Há um ano vivemos juntos.

A despeito disso, o desconforto continua. No último fim de semana, fui ao aniversário de uma amiga e, quando a mãe dela me viu com meu marido, perguntou se era meu filho. Fico sem graça, sempre. Ele também, mas não dá muita importância.

A diferença de idade me causa insegurança e aí me sinto mais velha ainda! Felipe fala que é bobagem minha, que sou a mulher mais linda, incrível, que quer ficar casado comigo para o resto da vida. É um fofo.

Ele é uma pessoa muito responsável. Era tenente do Exército e como tal ganhava muito bem. Hoje, não. Trabalha como comprador na área de medicamentos e tudo o que ganha põe em casa. Atualmente estou sem trabalho. Com meu ex-marido, tinha uma vida muito estável, viajava, ia a restaurantes...

Deixei tudo para viver esse amor.”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
UOL Estilo
Comportamento
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo