Comportamento

"Já teve filho e é solteira, boa coisa não é". Mãe expõe machismo no Tinder

do UOL, em São Paulo

15/05/2017 16h02

No dia das mães, Fernanda Teixeira resolveu fazer um relato diferente sobre a maternidade nas redes sociais: compartilhou em uma publicação no Facebook o resultado de um experimento que fez no Tinder. Aos 27 anos e solteira, ela fez um perfil no aplicativo de relacionamentos e, logo de cara, contou que era mãe solteira.

Segundo ela, nesse tipo de aplicativos, as mulheres normalmente precisam esconder que são mães. "Homens com fotos dos filhos, mulheres, nunca. Esconder a maternidade é uma necessidade", escreveu. Teoria que sua experiência comprovou.

Em uma semana "intensa", como contou em seu post, ela deu match com 84 homens, mas a experiência com eles não foi nada agradável. Fernanda publicou alguns dos contatos que recebeu dos homens.

"Que bom que você avisa que tem filho", disse um dos pretendentes que, ao ser questionado do porquê, respondeu: "Facilita e a gente não tem surpresa. (...) Você é mãe, já sei que não rola nada sério". Outro disse que "se já teve filho e está solteira, boa coisa não é". E muitos outros dos diálogos copiados por ela retratam grosserias e ofensas contra a mãe.

"Ser mãe não é abrir mão da vida social, sexual e amorosa"

Na publicação, Fernanda falava da solidão de ser mãe solo e de como é difícil se envolver novamente devido aos preconceitos que as mães solteiras enfrentam. "Ser mãe não é amar incondicionalmente e abrir mão da vida social, sexual e amorosa; nem desfazer planos, nem se privar da carreira, nem se privar de todos os sonhos e planos traçados. Isso é ser submissa à alguém. Ser mãe é ser responsável pela vida de um terceiro, eternamente ligado a ti. Nutrir o crescimento desse ser da melhor maneira que conseguires e se esforçar muito para que tudo dê certo para ele, em primeiro lugar", escreveu. "Não amo menos meu filho por entender que ele não é minha propriedade e eu não sou propriedade dele."

O relato de Fernanda rapidamente viralizou na rede social e teve mais de 70 mil compartilhamentos, gerando respostas de reconhecimento de outras mães, mas também muito retorno negativo e ofensas nos comentários. A publicação e o perfil de Fernanda estão fora do ar devido à repercussão. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
BBC
Redação
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
UOL Estilo
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Comportamento
BBC
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Topo