Relacionamento

"Implantei pelos pubianos e voltei a me sentir mais mulher"

Getty Images
Imagem: Getty Images

Thamires Andrade

Do UOL

28/06/2017 13h16

Se por um lado as clínicas de depilação a laser, tidas como definitivas, têm fila na porta, há quem esteja buscando cirurgiões para voltar a ter pelos, principalmente na região íntima.

A princípio, a ideia pode parecer estranha, mas para muitas mulheres ter pelos nessa região é uma questão de autoestima e feminilidade.

A empresária M.C.T., 49 anos, contou ao UOL os motivos que a levaram a buscar a cirurgia para voltar a ter pelos na região pubiana:

"Desde a adolescência tenho problemas em aceitar a falta de pelos no meu corpo. O primeiro procedimento que fiz para tentar resolver isso foi um implante de sobrancelhas, quando tinha 30 anos. O resultado ficou bacana e bem natural.

Conforme a idade foi chegando, lá por volta dos 43 anos, começaram a aparecer pelos pubianos brancos e comecei a ficar desesperada, a ponto de aplicar coloração específica. Mal sabia que o terror nem tinha começado.

Já tinha poucos pelos na região íntima e aí, perto dos 48 anos, eles começaram a cair. Era obrigada a depilar tudo, só para não me sentir tão mal comigo mesma. Eu não me aceitava e isso afetava tudo, inclusive a minha sexualidade. Não tinha mais uma vida sexual normal com meu marido. Me sentia menos mulher.

Isso fez com que eu começasse a procurar algum procedimento para melhorar isso. Foi quando descobri que mulheres em Miami estavam fazendo implante nos pelos pubianos. Depois que conversei com uma amiga sobre esse meu complexo, ela me encorajou a ir atrás. Quando contei para meu marido, ele achou um absurdo, achava que eu precisava buscar ajuda psicológica e psiquiatra.

Mas depois que ele entendeu que eu me sentia agredida e incomodada por causa disso, ele acabou cedendo. “Se te afeta tanto, ok”. Mas prometi a ele que ia procurar ajuda depois do procedimento.

Conheci uma clínica especializada e o médico me esclareceu tudo. Ele me mostrou exatamente como ficaria por imagens e conversamos sobre o que eu queria. A cirurgia foi feita com uma equipe com quatro profissionais e isso me deixou mais segura. Recebi uma anestesia local, fiquei acordada durante o procedimento, e não senti nenhuma dor.

Depois do implante, tive que seguir algumas orientações, como ficar 10 dias sem qualquer prática sexual e não usar roupas íntimas. Só podia usar saia, vestido e etc. Também tinha que ter muito cuidado com a limpeza e troca de curativos. Não podia usar sabonete por conta da composição, só soro fisiológico.

Quando a cirurgia acabou, senti um pouquinho de dor, um incômodo, mas nada insuportável. Vintes dias depois já estava bem, mas foi depois de dois meses, que comecei a me sentir refeita, os pelos começaram a crescer e minha vida sexual e feminilidade foram devolvidos. Não me arrependo de ter feito.

Mas ainda assim não conto para ninguém a respeito por medo de ser julgada. As pessoas acham que procedimento estético é coisa de mulher rica e fútil. Mas não penso dessa forma, às vezes, a cirurgia é uma necessidade. Um processo que devolve a autoestima da pessoa. Hoje faço tratamento e vejo que tenho problema para me aceitar, mas a cirurgia só me ajudou, só me trouxe coisas boas. Me sinto mais jovial e confiante com meu corpo. Me sinto feliz.

Acho que estou na contramão, já que a maioria das mulheres e dos maridos prefere não ter nada na região, mas eu sempre gostei de ter um pouco de pelos ali. O meu caso era diferente. Eu não tinha opção. Os pelos simplesmente não cresciam. Encarava como uma anomalia, algo que não é natural.

O implante vai ficar para sempre. Quando completar um ano da cirurgia, eu volto ao médico só para avaliar como foi a resposta do meu corpo, mas percebo a mudança e os resultado positivos. Eles têm crescido normalmente e agora posso fazer minha depilação íntima de 15 em 15 dias, pois gosto de deixar tudo bem certinho.

Como meu marido criticou bastante essa minha ideia, ele não dá o braço a torcer que o procedimento me fez bem. Mas, no fundo, ele percebe que estou mais confiante e feliz. Ele se sente envaidecido por ter uma mulher mais plena ao seu lado. Pode não falar, mas demonstra. Nossa vida sexual melhorou demais e tudo porque agora me sinto completamente mulher."

Sobre o implante de pelos pubianos

O cirurgião Thiago Bianco, especialista em implante capilar, explica que o procedimento de implante de pelos pubianos é muito semelhante ao capilar, já que é preciso remover unidades foliculares de uma região doadora (normalmente na nuca) para a região do púbis. A cirurgia também tem risco bem baixo, já que é feita sob anestesia local e não geral.

A única contraindicação, segundo o médico, são para pacientes com problemas de cicatrizes e outros problemas de saúde grave que impeçam uma cirurgia.

O procedimento não é dolorido, mas é preciso tomar alguns cuidados no pós-operatório, como evitar trações na hora de lavar a região, roupas de baixo justas, além de ter uma boa higiene para evitar infecções.

O preço da cirurgia varia muito, mas os custos hospitalares e da equipe médica ficam, em média, de R$ 16 mil até R$ 30 mil.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Da Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
UOL Estilo
Comportamento
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo