Comportamento

Você trabalha com um folgado? Ele precisa de limites, não de ajuda

Getty Images
Você tem um colega de trabalho folgado? Imagem: Getty Images

Gabriela Guimarães e Rita Trevisan

colaboração do UOL

03/08/2017 04h00

É uma pessoa que fala bonito e valoriza tudo o que faz, parece muito ocupado, mas sempre dá um jeitinho de fugir das responsabilidades. Se é você quem geralmente se sobrecarrega por assumir as demandas dele, comece a se defender. “Se você ficar só ajudando o outro, não terá como assumir novas responsabilidades para avançar em sua carreira”, afirma Allan Lopes, sócio da Soar Desenvolvimento Humano, empresa de consultoria de RH.

Antes de tomar uma atitude, junte dados que provem que o colega está causando problemas, sugere Marcia Castaldi, sócia-proprietária da Folpag Consultoria em RH. Quando for falar com ele, baseie-se em fatos e apresente exemplos, e deixe a emoção de lado. Se levar a conversa na base da acusação, as chances de chegar a algum resultado são poucas. Alguns comportamentos típicos do folgado são:

  • Tem uma postura passiva, sempre aguardando uma orientação sobre o que deve ser feito ou de como deve resolver um problema
  • Tem estratégias para matar o tempo. É o tipo de profissional que faz hora no cafezinho e vive fazendo mil coisas, menos trabalhar
  • Em reuniões, costuma se omitir, para não ter que assumir novas responsabilidades
  • Na hora de apresentar resultados, sempre entrega menos: o trabalho chega com qualidade inferior, fora do escopo ou com prazo estourado
  • Sempre pede ajuda para concluir tarefas. Folgados profissionais são muito persuasivos e sugam o tempo dos outros para resolver seus próprios problemas

Fale na lata
Getty Images
Imagem: Getty Images

Não há outra coisa a fazer senão tentar uma conversa. Se for preciso levar o caso ao chefe, é melhor que você já tenha feito pelo menos uma tentativa de resolver o caso.

O papo tem que ser privado. O mais adequado é colocar os problemas de forma clara e sincera. “O importante é mostrar como isso tem afetado o trabalho dos outros ou o próprio ambiente, e finalizar com um pedido para que ele mude”, diz Alan.

Se você for o responsável por delegar tarefas a ele, ou por fazer o acompanhamento dos projetos, também ajuda determinar objetivamente o que espera de cada entrega e a data em que o trabalho precisa ser concluído.

Outra estratégia que funciona é criar um cronograma com entregas parciais, para acompanhar a evolução do trabalho e não ter surpresas desagradáveis dias antes de fazer a apresentação ao seu chefe. “Profissionais dissimulados se escondem por trás da desorganização”, afirma Susi Berbel Monteiro, coach da APRH, Portal de Serviços e Suporte em RH.

Dizer “não” é uma forma de ajudar

Na tentativa de resolver o problema, ser firme ao receber desculpas e pedidos de ajuda do colega folgado é o melhor a fazer, segundo os especialistas. É preciso deixar claro que auxiliar não implica em assumir a parte que cabe ao outro; quando muito, orientá-lo sobre como avançar no projeto.  

“Uma crítica construtiva, positiva, é o melhor que temos a oferecer aos nossos colegas de trabalho. Ser parceiro e amigo não necessariamente significa ser bobo, ser usado pelos outros”, diz Susi.

Seja qual for a resposta do colega, após a conversa, ela aconselha a continuar realizando o seu trabalho com determinação e atenção aos prazos: “Não se deixe contaminar pelo outro e não faça atividades que não lhe competem. Devolva as solicitações indevidas e diga ‘não’ apresentando argumentos claros”.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Astrologia S/A
do UOL
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Blog da Morango
Topo