Relacionamento

No Dia do Solteiro, relembre as solteiras mais inspiradoras da ficção

Do UOL

15/08/2017 09h09

Em um mundo povoado por gente que adora perguntar "e os namoradinhos?", ser solteira não é uma tarefa nada fácil. Mas neste 15 de agosto, em que é celebrado o Dia do Solteiro, há muito o que se comemorar e a se pensar sobre a vida.

O UOL listou cinco personagens da ficção que, cada uma com sua solteirice, demonstram que estar sozinha pode ser muito mais divertido, produtivo e tranquilo que muita gente pensa.

Solteira sim. Sozinha NUNCA!

Reprodução
Imagem: Reprodução

Em tempos de app de paquera, arrumar um crush sem compromisso está cada vez mais fácil. Se você, como Samantha de "Sex and The City", não abre mão de pegar, mas não curte muito se apegar, a solteirice é o melhor dos mundos para se divertir muito.

Sorte no jogo, azar no amor

Divulgação/HBO
Imagem: Divulgação/HBO

Atire a primeira pedra que não tentou e insistiu em encontrar um mozão, mas simplesmente não rolou. Após seis temporadas entre idas e vindas com o esquisitão Adam e casinhos, Hannah, da série "GIRLS", não só terminou a série como uma solteira convicta, como assumiu o batidão da maternidade e finalmente foi viver do que sempre quis. Aplausos.

Antes só do que mal acompanhada

Reprodução
Imagem: Reprodução

Se o tédio tomou conta do relacionamento, melhor ficar sozinha, não acha? Melhor ainda é curtir a vida com a melhor amiga (e com um Brad Pitt novinho de tudo, lembra?). A pequena viagem de Thelma e Louise, com um fim nada óbvio, é a prova de que "estar em um relacionamento sério" não é garantia de amor e que amigos são os maiores parceiros de uma solteirice mais saudável (ou pelo menos divertida).

#Prioridades

Reprodução
Imagem: Reprodução

Queridíssima de Hollywood, Julia Roberts protagonizou dois filmes que mostram que estar em um relacionamento apenas não é interesse de todo mundo. Se em "Erin Brockovich" ela se dedicava ao filhos e à luta contra uma gigante da energia (história real), em "O Sorriso da Monalisa" ela era a professora de artes Katherine, que inspirou suas alunas a seguirem suas vontades e vocações ao invés de ceder às pressões dos casamentos dos anos 50.

Apenas não estou interessada. Não agora, pelo menos

Divulgação
Imagem: Divulgação

Príncipes disputando sua mão? Afff...chatice. Eu quero é lutar! Mérida, a princesa ruiva de "Valente", como outras muitas mulheres, é solteira (e defende este status com unhas e dentes) apenas porque...ninguém tem nada com isso. Se o amor não chegou, outros interesses estão na frente da lista e nenhum nobre do reinado parece bom o bastante, por que não continuar solteira?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
BBC
"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Opiniões Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Redação
Topo