Relacionamento

Além de Jack e Rose, queríamos que mais casais da ficção virassem realidade

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL

17/08/2017 11h47

Quem já tinha um coração em 1997, suspirou muito com o amor de Jack e Rose de "Titanic". Vinte anos depois, parece que nossas preces fizeram efeito: Leonardo Di Caprio e Kate Winslet foram vistos naquele clima de "I’M FLYING JACK" e deixaram todo mundo com esperanças de que o amor da dupla pulou para fora das telas.

Porém, este não é o único casal que fez a gente ficar torcendo pelo amor eterno, amor verdadeiro, amor "tru".

"10 Coisas que eu Odeio em Você" (1999)

Divulgação
Imagem: Divulgação

Adolescentes e pré-adolescentes dos anos 90, segurem esse coração. Quem nunca sonhou com aquele cara gato reproduzindo a serenata do bad boy Patrick (saudades, Heath Ledger) para a marrenta Kat? Os filmes colegiais americanos foram responsáveis por muitas frustrações nos namoros... eram fantasias demais para nossas cabeças</3.

"Um Lugar Chamado Notting Hill" (1999)

Divulgação
Imagem: Divulgação

Julia Roberts, pelo amor dos anjinhos, vira a Anna Scott! Hugh Grant, larga essa carreira do cinema e vai ser um livreiro no charmoso bairro londrinho. Entre encontros e desencontros, um dos casais mais *suspiro* da ficção poderia ser muito verdade. Com “She”, do Charles Aznavour, na voz de Elvis Costello como trilha, claro.

"500 Dias com Ela" (2009)

Reprodução
Imagem: Reprodução

"Essa é a história do garoto que conhece a garota. Mas você deve saber, que não é uma história de amor.". A gente não te escutou, narrador. Quem não se identificou com o casal imperfeito Summer (Zooey Deschanel) e Tom (Joseph Gordon-Levitt) e quis ser melhor amiga dos dois para cantar junto no karaokê?

"O Lado Bom da Vida" (2013)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Muita fofoca surgiu sobre um possível relacionamento entre Bradley Cooper e Jennifer Lawrence na época. E quer saber? Torcíamos muito. Pat Solitano Jr. e Tiffany traduziam aquele romance que começa aos trancos e barrancos, mas que, no final, é de derreter todo mundo.

"La La Land: Cantando Estações" (2017)

Reprodução
Imagem: Reprodução

Dizem que a química entre Ryan Gosling e Emma Stone era tão enorme que até Eva Mendes - esposa do ator - ficou enciumada. Sebastian e Mia, vocês fizeram a gente planejar vários dates em forma de musical. (Crushes, se virem e aprendam a dançar como no filme).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Opiniões Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Topo