Relacionamento

9 coisas que todo mundo deveria fazer após terminar uma relação longa

Getty Images
Imagem: Getty Images

Heloísa Noronha

Colaboração para o UOL

20/08/2017 04h00

É comum, depois de anos dedicados a uma relação, se perguntar: e agora? Além do sentimento de solidão, a pessoa muitas vezes acha que perdeu a própria identidade. Um rompimento sempre causa transtorno e dor, é normal. Para enfrentar esse momento de vida da maneira menos traumática e dramática possível, siga algumas dicas:

Evite se envolver novamente logo de cara (se possível, obviamente!)

Após um longo período juntos, todo casal constrói costumes, manias, rotinas e hábitos que precisam ser desfeitos para evitar que o novo relacionamento seja alvo de cobranças, expectativas e, principalmente, comparações. Desconstruir uma relação exige tempo. Permita-se viver esse processo para depois se entregar por completo e de verdade a alguém.

Não saia detonando o antigo par por aí

Afinal, se você ficou com a pessoa por tanto tempo, foi porque ela tinha qualidades, certo? A atitude de criticar um ex diz mais sobre quem fala mal do que sobre o alvo. Saber respeitar o que houve de bom é sinal de autocontrole emocional. Já não entregar-se a sentimentos de raiva, vingança, depressão é uma escolha que permite superar o término com maturidade. 

Fuja de decisões definitivas e precoces, como "nunca mais vou amar de novo"

Primeiro, porque qualquer resolução tomada no calor da raiva ou no auge do sofrimento sequer deveria ser levada em consideração. E, segundo, porque mesmo que as coisas não tenham dado certo no final, elas deram certo por um tempo. E você pode aprender com elas e, assim, evitar os mesmos erros. 

Respeite seu sofrimento 

Não precisa aceitar convite para todas as baladas se prefere ficar em casa elaborando o que está sentindo. É claro que se distrair é importante, mas fingir um humor que não corresponde ao seu estado interno é sinônimo de não se respeitar. O término, quase sempre, é doloroso. Não ignore sua dor, reconheça-a e aprenda a lidar com ela. 

Viaje, mesmo que seja rapidinho

Nem que seja uma viagem curtinha, de poucos dias, ou mesmo um bate e volta no sábado. Sair do cenário habitual amplia a visão e ajuda a ter uma percepção maior das coisas e de tudo o que está ao seu redor.

É hora de fortalecer as amizades 

Mesmo que você tenha se afastado dos amigos por causa do namoro, drible o orgulho e procure-os. As amizades verdadeiras sobrevivem às pausas, às crises e ao tempo. Tente conhecer gente nova. Procure se aproximar de pessoas que gostem das mesmas coisas que você. Tente algum Clube do Livro (eles estão em alta, sabia?), trabalho voluntário ou algo com o que você se identifique. 

Faça passeios diferentes

Em muitos dos relacionamentos de anos os casais se habituam a frequentar os mesmos lugares de sempre, a visitar apenas certas pessoas, a criar hábitos de lazer praticamente imutáveis. Caia fora da zona de conforte e ouse mudar sua rota. 

Resgate o que se perdeu 

Reflita: o que você deixou de lado, às vezes sem sequer se dar conta, nos últimos anos? O estilo de se vestir, um hobby, prazeres simples como ler, costurar, cuidar do carro, jardinagem, ir ao teatro, frequentar feiras de rua. É hora de recompor sua verdadeira essência e aprender que não é preciso mudar em nome de ninguém.

Aproprie-se de sua vida

Você é responsável por tudo que acontece na sua vida, então escolha o melhor para você, fazendo coisas que te deixem feliz e em paz. Quando você tem consciência de que a vida pode ser do jeito que você planejou e escolheu, tudo fica mais fácil. A sensação de liberdade surge quando você se permite ser feliz independente de ter alguém do seu lado. Seja a sua melhor companhia e abra-se para receber o melhor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
BBC
BBC
"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Opiniões Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Topo