Relacionamento

7 perguntas que você deve responder antes de terminar um relacionamento

Getty Images
Imagem: Getty Images

Carolina Prado e Marina Oliveira

Colaboração para o UOL

23/08/2017 04h00

Resolver se separar envolve sentimentos demais, e é difícil e doloroso. Como regra geral, a gente precisa considerar a maneira como nos sentimos naquele relacionamento, para saber se vamos adiante ou não. Para facilitar essa reflexão, você pode se fazer sete perguntas que ajudam na decisão.

1. Estou com preguiça de resolver a questão?

Crises fazem parte de qualquer relação. Encará-las pode ser um processo trabalhoso que você e o par deverão escolher se vale a pena. “A maioria dos términos tem a ver com fugir de um problema, que o casal está exausto de lidar ou não saber como lidar. E, aí, enxergar o fim da relação como única opção”, diz o psicólogo Elídio Almeida, especialista em terapia de casal e família.

2. Eu estou infeliz ou o outro me faz infeliz?

Em uma relação desgastada, é comum transferirmos nossas frustrações e angústias para o outro, porque encarar a realidade pode ser sofrido. “Mas, na maioria das vezes, não existe um único culpado para a crise. Ambos podem ter descuidado da relação”, fala a psicóloga Marlene Heuser. Faça uma autoavaliação e descubra se o descontentamento não é uma questão pessoal e intransferível.

3. Por que me apaixonei por outra pessoa?

“A paixão por uma terceira pessoa não é desencadeadora do fracasso de um relacionamento. O que mais acontece é estar infeliz na relação e, como sempre tendemos a buscar conforto afetivo, abrimos espaço para outro”, diz Almeida. Ao entender o que veio primeiro, fica mais fácil saber se vale a pena apostar em um novo amor ou dar uma chance ao atual.

4. Já tivemos uma DR decente?

É para explicar o que sente –e o quanto algumas atitudes do outro machucam– e ouvir a justificativa dele, assim como a forma que ele analisa as suas atitudes. Apontar o dedo não caracteriza um diálogo. E é sempre melhor conversar assim que um problema aparece, para não acumular mágoas e ter de entrar em uma conversa de “vai ou racha”.

5. Procuramos ajuda profissional?

Elídio Almeida fala que muitos casais conversam pouco entre si sobre o relacionamento, e isso resulta em diversos problemas. Por exemplo, idealizar coisas para si ou para ambos, mas não comunicar ao outro. “Daí, ela acha que o par deveria ter percebido e agido para sanar aquilo, mas nada foi explicitado ou acordado”, conta. Um terapeuta de casal é uma tentativa de colocar alguém de fora, e com experiência, para analisar onde estão errando.

6. Eu não amo mais?

Ajuda muito ter uma perspectiva geral do relacionamento e observar se o amor realmente acabou e se sentimentos negativos, como raiva e ódio, superaram os bons sentimentos. Às vezes, as expectativas de vocês sobre o dia a dia de um casal –que tem altos e baixos– não bateu com a realidade e vocês concluíram, precocemente, que tudo estava perdido. “Sem discernimento ou paciência, quando uma crise aparece, às vezes até uma ‘primeira crise’, já é suficiente para desandar a relação”, conta o psicólogo Thiago de Almeida.

7. O que eu quero numa relação é possível?

Sabe aquele casal de Instagram, que parece superfeliz, com fotos incríveis e espontâneas, que esbanjam amor na sua tela de celular? Ele não existe. Assim como a relação que seus amigos têm e que você deseja em segredo, pode funcionar para eles, mas não para você. Por isso é importante se questionar: será que o que você quer é uma relação com filtro de mídia social?

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Opiniões Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Redação
Redação
do UOL
Topo