Equilíbrio

Solitários tendem a comprar produtos com rostos no rótulo, diz estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL

25/08/2017 14h31

Se você está sentindo falta de companhia, tome cuidado ao ir ao supermercado: capaz de voltar com itens que não precisa. Segundo uma pesquisa das universidades do Oregon (EUA), de Kiel (Alemanha) e de Adelaide (Austrália), pessoas solitárias tendem a ir atrás de produtos que tenham rostos amáveis no rótulo.

Uma das pesquisadoras, Bettina Cornwell, teve a ideia do estudo com a própria experiência. Em uma viagem sozinha à França, acabou abraçando um pacote de batatas chips que continha uma carinha sorridente. “E eu nem gosto de batatas chips”, diz.

Segundo Bettina, o cérebro traduz aquela imagem carinhosa como uma conexão social. Para as marcas, essa estratégia funciona para todos os consumidores, mas os sozinhos são as "presas" mais fáceis.

O artigo, publicado no European Journal of Social Psychology, também afirma que a solidão a “culpa”, na verdade, é dos solitários, que buscam um rosto amigo, ainda que seja numa embalagem e têm sua percepção aguçada para qualquer imagem amigável que estiver por perto.

Os resultados foram obtidos através de uma pesquisa em que os participantes deveriam analisar 18 desenhos que incluíam imagens sem rostos e outras com figuras humanas, além de campanhas publicitárias fictícias.

Reprodução/Universidade do Oregon
Garrafas de vinho com rostos visíveis no rótulo têm mais saída Imagem: Reprodução/Universidade do Oregon

Em um dos experimentos, os participantes analisaram 45 marcas de vinhos e deveriam coloca-las numa escala de 1 a 7, sendo 1 a que o rosto do rótulo fica menos visível. Adivinha quais marcas se saíram melhor nas intenções de consumo?

Segundo Bettina, assim como produtos como batatas chips e tabaco podem fazer uso desses resultados para venderem mais de seus produtos, outras instituições, como ONGs, por exemplo, podem estabelecer melhores conexões com o público e compartilhar suas missões com mais eficácia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Agência Estado
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo