Comportamento

7 questões profissionais que não devem ser tratadas por e-mail

Getty Images
reunião, trabalho, conversa Imagem: Getty Images

Carolina Prado e Gabriela Guimarães

Colaboração para o UOL

31/08/2017 04h00

E-mail agiliza a comunicação, mas há assuntos que precisam ser resolvidos à moda antiga: pessoalmente ou, no máximo, por telefone. As razões variam, pode ser para conseguir mais a atenção de quem recebe a mensagem, para ser mais delicado ou porque a gravidade da situação exige um olho no olho. Dá uma olhada:

1. Pedir aumento de salário

Pessoalmente, você tem a chance de argumentar com seu chefe sobre o seu desempenho e os lucros que traz para a empresa. Ao marcar uma reunião, também garante que ele reserve um tempo para conversar com você, o que não acontece quando o e-mail aparece, do nada, na caixa de entrada. Nesse último caso, ele pode simplesmente escrever como reposta “agora não é o momento” e você ficar sem uma justificativa decente ou previsão para este aumento pingar na conta.

2. Criticar o trabalho de um subordinado

Quer coisa mais desmotivadora do que receber um retorno ruim por escrito e ser obrigado a bater o olho naquele e-mail o tempo todo? Fazer gestão de pessoas não é fácil e demanda empatia. Elogios por e-mail são bem-vindos, mas quando o feedback é negativo, conversar pessoalmente (ou por telefone) é fundamental, para que o outro profissional não se sinta desvalorizado, apesar da crítica. 

3. Falar mal de colega ou do chefe

Não custa lembrar: o seu e-mail na empresa não é seu, é da empresa. Quem tem acesso ao servidor pode ler o que você escreveu. E vai pegar mal! Portanto, se você estiver descontente com seu gestor ou um colega de trabalho, é melhor falar diretamente com eles, para tentar resolver o incômodo. Já se você só quer desabafar, faça isso pessoalmente, com amigos, sem deixar registros por escrito. 

4. Chamar a atenção por uma entrega não realizada

Se será preciso falar de atitude –atrasos sucessivos, por exemplo– é melhor cobrar pessoalmente, porque você consegue desenvolver um diálogo. Pode ser que ele esteja enfrentando alguma dificuldade, que será melhor explicada por fala. Agora, se esta for a única comunicação possível –no caso de fornecedores externos– a saída é ser objetivo, mas abrir ao diálogo: “Oi, Fulano. Nós combinamos a entrega para hoje. Houve algum problema? ”.

5. Pedir um dia de folga

Como no caso do pedido de aumento salarial, vale a pergunta: e se o chefe estiver em um dia ruim? Por e-mail, vai ser fácil responder, simplesmente, “não”. E outra: pode ser que ele não veja rapidamente a sua mensagem e prejudique a sua folga, caso aprovada. Para ter mais chances de ganhar um dia livre é melhor pedir pessoalmente ou por telefone. E, se necessário, formalizar por e-mail depois.

6. Avisar que não vai trabalhar

Salvos os casos em que a política da empresa pede o comunicado por e-mail, é mais descomplicado fazer isso por telefone, porque garante que a sua mensagem seja recebida prontamente pelo chefe ou departamento de RH. Mas pior do que mandar um e-mail e não se certificar de que foi recebido, é não avisar e chegar com o atestado médico no dia seguinte.

7. Desabafar sobre problemas pessoais para o chefe

Você está com dificuldades em casa e precisa chegar mais tarde? Marque uma hora para conversar pessoalmente com o seu chefe e explicar o cenário. Contar sobre a vida particular pelo e-mail do trabalho impede que ele compreenda a gravidade da situação. Falar sobre aquilo que está incomodando pode ser um alívio também e, com sorte, você até escuta um bom conselho.

Fontes: Maíra Habimorad, vice-presidente do Grupo DMRH. Helena Brochado, psicóloga com MBA em Gestão Empresarial. Enes Vilela, especialista em Recursos Humanos e fundador da escola de negócios Carreira & Felicidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Astrologia S/A
do UOL
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Topo