Sexo

O sexo foi ruim na primeira vez? Veja motivos para dar nova chance ao par

Getty Images
Imagem: Getty Images

Heloísa Noronha

Colaboração para o UOL

17/09/2017 04h00

Cada transa é única, mesmo que seja sempre com a mesma pessoa. Essa é uma das razões pelas quais, em primeiros encontros, dificilmente rola conforme o esperado --afinal, as pessoas estão juntas, ali, sem se conhecerem direito. Mas, se a pessoa é bacana e o sexo não engrenou de primeira, dar outra oportunidade pode ser uma boa surpresa, como provam as razões a seguir.

1. O momento foi excessivamente idealizado

Um prato cheio para a decepção, não? A perfeição só existe nos romances cinematográficos. É provável que você, antes e depois do encontro, tenha passado e repassado na sua cabeça todas as coisas que poderiam ou não ter acontecido na primeira vez. É hora de esquecer esses sonhos e partir para o segundo encontro sem tanta expectativa.

2. Você mandou melhor do que o esperado!

A pessoa ficou tão abismada com tanta maravilhosidade que perdeu o rumo e ficou acuada, reprimida, com um certo medo de desapontar você. Seja uma perda de ereção ou uma dificuldade em fazer alguma posição, não leve tão a sério. Uma brochada pode ser uma bela de uma homenagem, uma maneira de expressar que a vontade é tanta que é quase impossível dar conta do recado.

3. A ansiedade e o nervosismo dominaram a cena

Por mais liberais que as pessoas sejam (ou pelo menos demonstrem ser), a primeira vez com alguém costuma ter um peso diferente, pois os dois ainda não sabem como vão funcionar juntos. Mesmo que tenham conversado horas a fio sobre preferências e fantasias, na hora H, tudo muda. Vale indicar uma chance porque na próxima oportunidade tudo indica que os níveis de ansiedade e nervosismo serão menores, ou, pelo menos, aceitáveis.

4. Vocês agiram naturalmente... só que não!

Impressionar até que é fácil, difícil é sustentar a pose. Pode ser que durante o papo ou troca de mensagens vocês deixaram no ar promessas sexuais que acabaram não se cumprindo. Ou, ainda, assumiram uma personalidade sedutora, tentando mostrar o melhor de si, e depois se sentiram sem graça, esquisitos. Sem problemas: um novo encontro existe para isso mesmo, para desconstruir perspectivas e permitir que os envolvidos ajam de forma mais natural.

5. Na segunda vez o encaixe é melhor

Pense que a primeira vez serviu para você conhecer o corpo da pessoa, sentir seu gosto, descobrir como ela se move e reage. Se você sofreu uma decepção com a experiência, pense que na segunda tentativa será possível tentar corrigir os erros ou lapidar as atitudes promissoras. Um bom papo sobre isso também ajuda a colocar tudo nos eixos.

Se der certo ou errado, você ainda sai ganhando. No primeiro caso, pelo menos uma história divertida para vocês se lembrarem daqui a alguns anos. No segundo, experiência e autoconhecimento para encarar novas possibilidades.

FONTES: Eliete Amélia de Medeiros, psicóloga e diretora da Agência de Relacionamentos Eclipse Love, de São Paulo (SP); Marina Simas de Lima, consultora de relacionamento do Match Group LatAm, detentor dos aplicativos e sites de relacionamento ParPerfeito, OurTime, Divino Amor, SingleParentMeet e G Encontros, e Rejane Sbrissa, psicóloga de São Paulo (SP)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
BBC
Topo