Comportamento

Instituição oferece aulas de basquete e empoderamento feminino no Senegal

Reprodução/seedproject
Jovens senegalesas são incentivadas a praticarem esportes e estudarem Imagem: Reprodução/seedproject

Do UOL

03/10/2017 18h44

Com o objetivo de igualar as oportunidades de gênero no Senegal, país da África onde 90% da população é muçulmana, nasceu o Seed Project. O lema da instituição é “Nós usamos a educação e o basquete para desenvolvermos a próxima geração de líderes africanos”.

Além do esporte e dos treinos o projeto também desenvolveu programas de empoderamento feminino que contam com a participação de alunos, funcionários e familiares. O objetivo é que todos se envolvam em discussões sobre igualdade de gênero. Além disso, há também oficinas de capacitação específicas para que mulheres possam se expressar.

O local atende mulheres de até 20 anos e desde 2013, 88% dos alunos estão na universidade e nove graduados estão matriculados em faculdades na França, no Senegal e nos Estados Unidos.

“Na SEED, entendemos que as mulheres jovens muitas vezes não têm acesso à programação de esportes de qualidade como seus pares masculinos, e não são encorajadas desde jovens a atingir os mesmos objetivos que os meninos. Por isso, a ideia principal é proporcionar às nossas meninas um ambiente de apoio onde elas possam construir habilidades para a vida, desenvolver suas vozes e expressar suas opiniões livremente". As informações são do site da instituição.

Atualmente, são atendidos 2 mil jovens semanalmente no Senegal, na Gâmbia e nos Estados Unidos e eles contam com programas de desenvolvimento acadêmico, atlético e de liderança pós-escola. Também há treinamentos para treinadores de basquete juvenis em toda a África. 

 

A post shared by SEED Project (@seedproject)

on

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
BBC
Bloomberg
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Agência Estado
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
BBC
AFP
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo