Comportamento

Em Oxford, Malala relembra o atentado que a tornou símbolo da educação

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL

09/10/2017 15h22

A ativista paquistanesa Malala Yousafzai, de 20 anos, foi ao Twitter mostrar que o atentado que sofreu em 2012 não só não conseguiu matá-la, como também não a impediu de se tornar um dos maiores símbolos da luta pela educação das mulheres. Hoje estudante de Oxford e dona da proeza de gabaritar no "Enem britânico", uma das universidades mais prestigiadas do mundo, ela postou uma reflexão cinco anos anos após o fato.

"Há cinco anos, fui atingida em um atentado para tentar me fazer parar de lutar pela educação das meninas. Hoje, começo minhas primeiras leituras para Oxford":

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Relembre o caso

Há cinco anos, o mundo conhecia a história da paquistanesa Malala Yousafzai, que em 2012 foi baleada na cabeça pelo Talibã e sobreviveu para se tornar um símbolo da luta pela defesa das mulheres à educação. Malala começou a ganhar fama e ser perseguida em seu país pelo grupo fundamentalista quando tinha entre 11 e 12 anos, por escrever um blog para a emissora britânica "BBC" sobre seu cotidiano na cidade em que morava.

No dia 9 de outubro de 2012, na época com 15 anos, a jovem voltava para casa em um ônibus escolar quando um homem disparou três tiros contra ela, um deles atingindo sua cabeça. Malala chegou a ficar em estado crítico, mas consegui uiu se salvar e desde então é uma ativista pelos direitos das mulheres.

Em 2014, aos 17 anos, Malala, que hoje vive no Reino Unido, venceu o Prêmio Nobel da Paz por causa de sua "luta contra a supressão das crianças e jovens e pelo direito de todos à educação" e se tornou a pessoa mais nova a receber a honraria.   

(Com ANSA)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Astrologia S/A
do UOL
Redação
Redação
Redação
BBC
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Topo