Relacionamento

Ausência de ciúme é desamor? Especialistas respondem

Getty Images
Imagem: Getty Images

Thais Carvalho Diniz

Do UOL, em São Paulo

14/10/2017 04h00

Você faz parte do time que ainda enxerga o ciúme como combustível para o relacionamento a dois? Já chegou a cobrar do parceiro esse tipo de manifestação por acreditar que esse é o melhor jeito de demonstrar o amor que ele sente? As especialistas entrevistadas pelo UOL afirmam que a queixa por não ter um parceiro ciumento é recorrente nos consultórios e explicam os motivos. 

Segundo a psicóloga e terapeuta sexual Arlete Gavranic, alguns chegam a forçar atitudes para provocar o ciúme, e isso pode refletir insegurança. "Não atendem o telefone, chegam mais tarde do trabalho, demoram para responder mensagem mesmo já tendo visto. Indivíduos assim carregam essas atitudes desde as relações primárias, com familiares, até a disputa por atenção no ambiente de trabalho", diz a especialista.

Leia também:

A psicoterapeuta Marcia Barone, coordenadora do Núcleo de Atendimento e Pesquisa da Conjugalidade e Família do Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo, acredita que tudo depende de como os envolvidos encaram essa relação. Quando o vínculo estabelecido envolve parceria e lealdade, esse tipo de queixa não é tão frequente.

"É algo cultural enxergar o ciúme como tempero do amor, mas não é verdade. Existem outros pontos para se apegar e avaliar se o relacionamento vai bem ou não. É só pautar outros valores como prioridade", afirma.

Sem ciúme, sem amor?

Uma coisa não está, necessariamente, ligada a outra. É importante diferenciar ausência de ciúme com indiferença --essa sim um problema--  e entender que existem pessoas que não externalizam tudo o que sentem.

"Em geral, faz parte do ser humano a vontade de se sentir cuidado e valorizado. Se o par não acha mais o outro interessante, causa uma sensação de insegurança. Entretanto, é possível fazer essas observações de forma natural e sem aquele tipo de ciúme obsessivo", diz a terapeuta de casais Iara Camaratta, autora do livro "Homem e Mulher - Seus Vínculos Secretos" (Ed. Artmed).

Toda relação PRECISA de ciúme?

Não. Relacionamentos a dois precisam de atenção, algo totalmente diferente, que deve fazer parte do dia a dia e pode ser identificado como um "ciúme saudável".

"Um simples elogio ou reparo de que a pessoa está bonita naquele dia já dão essa reposta. Não é preciso chegar ao controle doentio, que, na verdade, é o responsável pelo fim de muitos relacionamentos", explica Marcia.

Entretanto, as especialistas dizem que, sim, existem pessoas "zero ciúme" que não manifestam essas preocupações por simplesmente serem egocêntricas. "Esses não estão preocupados em valorizar porque se veem como indispensáveis à vida outro. Diante disso, é preciso rever, porque também não se trata de amor", conclui Arlete.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Blog do Fred Mattos
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Blog do Fred Mattos
Redação
do UOL
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
EFE
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Comportamento
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
"Fui marmita de traficante"
Blog do Fred Mattos
Redação
Topo