Comportamento

Você ri na pior hora possível? Entenda por que isso acontece

Getty Images
Você cai na gargalhada nas situações mais inusitadas? Imagem: Getty Images

Gabriela Guimarães e Veridiana Mercatelli

Colaboração para o UOL

24/10/2017 04h00

Situações: ao ver alguém rolando escada abaixo, em vez de ajudar, você cai na gargalhada. Quando leva uma bronca, não importa o quanto a outra pessoa esbraveje, pode ser que você, simplesmente, ria. Velórios? Também já riu, mesmo querendo apenas chorar em solidariedade. E há explicações para isso.

Para relaxar

Em momentos de estresse emocional grandes, o corpo usa a risada para aliviar um pouco da tensão. Rir em uma situação triste ou de pressão, significa que o nosso corpo está trabalhando para criar uma situação mais amena.

Gargalhada solidária

Inconscientemente, ao rir você pode querer estar ajudando quem está passando por uma situação ruim. A risada libera endorfina, o que nos deixa mais relaxados e diminui a dor. É como se, mesmo por pouco tempo, você quisesse desviar o foco do acontecimento desagradável.

Quando é doença

Em casos raros, a pessoa pode ter uma doença chamada afeto pseudobulbar, que faz rir e chorar sem controle. O problema pode ser um sintoma de acidente vascular cerebral (AVC), tumor no cérebro ou esclerose lateral amiotrófica (ELA), esclerose múltipla, demência e traumatismo craniano.

Só para ser legalzão

Muitas vezes, nossas risadas não têm a ver com algo engraçado. Como somos seres sociais, podemos querer rir só para sermos legais e firmarmos amizades. Rir une as pessoas. E precisamos nos sentir pertencentes a um (ou mais) grupo. Sabe aquelas pessoas que riem de tudo? São altamente sociáveis.

Risada é remédio

Rir relaxa, diminui o risco de infarto e a concentração de açúcar no sangue. Para o lado emocional, reduz o estresse, a raiva, a ansiedade, melhora o humor e a autoestima. Por tudo isso, hoje, os hospitais usam o riso como auxiliar no tratamento e na melhora dos pacientes.

Rir dá barato

O riso pode provocar uma sensação semelhante à causada pelo uso de drogas ou álcool. A área do cérebro ativada pelo riso é a mesma que proporciona a sensação de prazer dada por essas substâncias.

Morrer de rir não é só uma expressão

Um ataque de riso sem hora para acabar pode levar à morte, mesmo! O mais famoso caso é o do inglês Alex Mitchell, que morreu em 1975 de insuficiência cardíaca, após rir por 25 minutos, enquanto assistia a uma série de comédia. O quadro, conhecido como hilaridade fatal, pode gerar graves consequências: os tecidos pulmonares se dilatam a ponto de se romperem, ocasionando falta de ar, engasgamento, desmaios, enfisema e até problemas cardíacos. Pessoas que sofrem de asma ou que tenham aneurisma cerebral pertencem aos grupos de maior risco. 

Acabou a graça

Para dar um basta aos ataques de riso na hora errada, os especialistas sugerem: respire fundo para oxigenar melhor o cérebro e desviar a atenção do motivo. Morder os lábios também pode ajudar, assim como sair do ambiente ou se afastar do que causou a crise e distrair a mente com um pensamento mais sério, como o trabalho que ficou pendente no escritório.

FONTES: psicólogas Andreza Vicentini Buzaid e Valéria Cristina Ribeiro. Marcos Lopes, neurocirurgião. Paulo Takeshi Nakano, coordenador da Neurologia do Hospital São Camilo. Rita Martins, psicanalista.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Bloomberg
Redação
Redação
Redação
Blog do Fred Mattos
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Agência Estado
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
BBC
AFP
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo