Comportamento

Luana Piovani sobre maternidade: "ilusão de que é o melhor momento"

Do UOL

03/11/2017 20h12

Em seu canal no YouTube, Luana Piovani resolveu falar sobre solidão. “Todo mundo já teve esse momento tristonho, então por que não falarmos sobre esse tema?”, defendeu a atriz logo no início.

Questionada por uma seguidora sobre o porquê da maternidade ser um período tão solitário, Luana aproveitou para falar um pouco sobre sua experiência como mãe do Dom, 5, e dos gêmeos Liz e Bem, 2.

“Não recebi ninguém na maternidade quando tive filhos e avisei que só receberia visitas em casa a partir dos dois meses dos bebês. Por que me sinto sempre insegura, é um pânico. Ter um bebê que depende exclusivamente de você dá muito medo. E a gente se sente sozinha mesmo. A maternidade é muito cercada por essa ilusão de que é o melhor momento do mundo, a melhor sensação do mundo e não é. Dá muito medo ter uma coisinha muito delicada dependendo só de você. A gente se sente muito insegura. Fiz cesárea e foi muito difícil o pós-operatório, muito dolorido.”

A atriz ainda contou que se sentiu muito solitária quando foi morar no Japão aos 15 anos e durante o período que passou em Nova York, nos EUA. “Acho até que passei por uma fase de depressão”, relembrou.

“Já senti solidão, mas eu acho que tem a ver com estofo. É quando você vai se preenchendo de si. Na viagem são histórias que você viveu, páginas do seu livro que escreveu. E análise traz autoconhecimento. E isso ajuda muito a não se sentir sozinha, se gostar e descobrir que a melhor companhia do mundo é você mesma. Só depois que a gente descobre o prazer de existir e ser quem somos, é que vamos descobrir o prazer de estar em outra companhia e de ser também uma boa companhia. É um exercício que leva um tempo e dá um trabalho”, filosofou Luana.

De acordo com a atriz é preciso descobrir a sua própria boa companhia. “Estar preenchido de si mesmo e aí o estar só é bom. Um dos momentos mais felizes da minha vida é quando os três filhos estão dormindo, a casa está silenciosa, tudo seguro e todo mundo com saúde. Acho uma delícia. Ou quando o Pedro sai, ele é bem mais baladeiro que eu, e a casa fica naquele silêncio. E eu penso que meu marido foi fazer uma coisa que faz tão bem para ele, que vai voltar para casa tão feliz. É o melhor momento, é o momento de solitude”.

Ao contrário da esposa, Scooby não gosta de passar muito tempo sozinho. “Ele tem 29 anos, ainda aprenderá que é bom”, disse ela que está com 41.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
Redação
Redação
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Blog Alto Astral
Blog Deu Match
Redação
do UOL
Redação
EFE
Blog Extraordinárias
Blog Alto Astral
Blog da Morango
Redação
AFP
Redação
EFE
BBC
Blog Alto Astral
Blog Deu Match
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog Alto Astral
do UOL
Redação
Redação
do UOL
AFP
Redação
Redação
Blog Deu Match
Redação
Blog Extraordinárias
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo