Comportamento

#TimesUp: Atrizes brasileiras manifestam apoio ao movimento contra assédio

Divulgação
O pin da campanha Time's Up se tornará símbolo da manifestação das atrizes contra o assédio Imagem: Divulgação

do UOL

07/01/2018 18h52

Depois das inúmeras denúncias de assédio em Hollywood em 2017, as atrizes norte-americanas decidiram dar um basta no assunto e criaram o movimento Time´s Up. Na cerimônia do Globo de Ouro neste domingo, elas vão todas de preto como forma de protesto. E as brasileiras, mesmo de longe, também estão participando do movimento, demonstrando seu apoio nas redes sociais.

Camila Pitanga, Alice Wegmann, Maria Calara Spinelli e Julia Konrad são algumas das que já fizera publicações em apoio às colegas dos Estados Unidos. "É com muita alegria e esperança que acompanho essa proliferação de coletivos de atrizes, com um olhar humano para a sociedade. Seja no Brasil, com o #MexeuComUmaMexeuComTodas, nos Estados Unidos, com o #TimesUp, ou na Malásia, com a criação do grupo Women in Cinema Collective (WCC)", escreveu Camila Pitanga em seu Instagram. 

Veja mais

Em maio de 2017, o Brasil viu um movimento parecido ganhar força quando veio à tona uma denúncia de assédio da figurinista Su Tonani contra o José Mayer. Atrizes da Globo se uniram em apoio à colega com a campanha Mexeu com uma, mexeu com todas e pressionaram a emissora para o afastamento do ator.  

 

Nos últimos dias tenho acompanhado de perto o #TimesUp, coletivo de atrizes americanas criado para combater qualquer tipo de abuso de poder - seja ele caracterizado na forma de abuso de cunho sexual, racial, opressão e marginalização, falta de representação e qualquer tipo de desigualdade. . Hoje, aproveitando a cerimonia do Globo de Ouro, que acontece em Los Angeles, as atrizes cruzarão o tapete vermelho usando preto, para demonstrar apoio às vítimas de abuso. A campanha “On Sunday We Wear Black” (No Domingo Nós Vestimos Preto) pede para que qualquer pessoa, independente de quem seja e de onde esteja, vista preto em solidariedade a mulheres e homens que foram silenciados por discriminação, abuso ou assédio. . É com muita alegria e esperança que acompanho essa proliferação de coletivos de atrizes, com um olhar humano para a sociedade. Seja no Brasil, com o #MexeuComUmaMexeuComTodas, nos Estados Unidos, com o #TimesUp, ou na Malásia, com a criação do grupo Women in Cinema Collective (WCC).

Uma publicação compartilhada por Camila Pitanga (@caiapitanga)

 

 

 

em

 

#MarilynMonroe (@marilynmonroe) at the #GoldenGlobes (@goldenglobes), #1962. (By @oldhollywoodfans) . . @reesewitherspoon: TODAY is the day! #TIMESUP (@timesupnow) #WhyWeWearBlack @goldenglobes . . @caiapitanga: Nos últimos dias tenho acompanhado de perto o #TimesUp, coletivo de atrizes americanas criado para combater qualquer tipo de abuso de poder - seja ele caracterizado na forma de abuso de cunho sexual, racial, opressão e marginalização, falta de representação e qualquer tipo de desigualdade. . Hoje, aproveitando a cerimonia do Globo de Ouro, que acontece em Los Angeles, as atrizes cruzarão o tapete vermelho usando preto, para demonstrar apoio às vítimas de abuso. A campanha “On Sunday We Wear Black” (No Domingo Nós Vestimos Preto) pede para que qualquer pessoa, independente de quem seja e de onde esteja, vista preto em solidariedade a mulheres e homens que foram silenciados por discriminação, abuso ou assédio. . É com muita alegria e esperança que acompanho essa proliferação de coletivos de atrizes, com um olhar humano para a sociedade. Seja no Brasil, com o #MexeuComUmaMexeuComTodas, nos Estados Unidos, com o #TimesUp, ou na Malásia, com a criação do grupo Women in Cinema Collective (WCC).

Uma publicação compartilhada por Maria Clara Spinelli (@mariaclaraspinelli)

 

 

 

em

 

TIME'S UP. No domingo, nós vestimos preto. #Repost @caiapitanga ??? Nos últimos dias tenho acompanhado de perto o #TimesUp, coletivo de atrizes americanas criado para combater qualquer tipo de abuso de poder - seja ele caracterizado na forma de abuso de cunho sexual, racial, opressão e marginalização, falta de representação e qualquer tipo de desigualdade. . Hoje, aproveitando a cerimonia do Globo de Ouro, que acontece em Los Angeles, as atrizes cruzarão o tapete vermelho usando preto, para demonstrar apoio às vítimas de abuso. A campanha “On Sunday We Wear Black” (No Domingo Nós Vestimos Preto) pede para que qualquer pessoa, independente de quem seja e de onde esteja, vista preto em solidariedade a mulheres e homens que foram silenciados por discriminação, abuso ou assédio. . É com muita alegria e esperança que acompanho essa proliferação de coletivos de atrizes, com um olhar humano para a sociedade. Seja no Brasil, com o #MexeuComUmaMexeuComTodas, nos Estados Unidos, com o #TimesUp, ou na Malásia, com a criação do grupo Women in Cinema Collective (WCC).

Uma publicação compartilhada por Julia Konrad (@juliakonrad)

 

 

 

em

 

ON SUNDAY WE WEAR BLACK CONTRA O ASSÉDIO #MexeuComUmaMexeuComTodas #TimesUp

Uma publicação compartilhada por Alice Wegmann (@alice.weg)

 

 

 

em

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
BBC
BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Da Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
ANSA
Sem Filtro
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
ANSA
Blog Alto Astral
Topo