Comportamento

Por que algumas pessoas fingem que não percebem que são traídas?

iStock
Imagem: iStock

Heloísa Noronha

Colaboração para o UOL

08/01/2018 04h00

Negar as aparências e disfarçar as evidências é uma prática comum entre as pessoas que fingem que não notam a traição do par. Para quem está de fora, parece absurdo, mas, em muitos casos, o fingimento é a única escolha possível. Há várias possibilidades que podem explicar a opção de não encarar a realidade:

Pavor em encarar novas configurações de vida

Às vezes, nem rola mais amor entre o casal, mas trazer a traição à tona pode provocar um grande impacto na vida de ambos –afinal, é uma prova de que o relacionamento não deu certo. E ter de lidar com a verdade e com todas as mudanças que ela acarreta causa apreensão.

Resistência em enfrentar a dor

A descoberta de uma infidelidade, na maior parte das vezes, causa desgosto e decepção para a pessoa traída. Como enfrentar a dor de se sentir trocado e confrontar toda a raiva e a mágoa que a situação provoca? Como lidar com o orgulho ferido e o ataque à autoestima? Nem todo mundo tem as ferramentas emocionais para superar a frustração. 

Receio de assumir alguma responsabilidade no relacionamento

Ao se recusar a admitir que é ou foi traída, a pessoa inconscientemente evita refletir sobre as dificuldades do casal, a relação e sobre os próprios defeitos e erros no percurso a dois. É uma forma de fugir do confronto não só com o par, mas consigo mesmo(a).

Abandono de um projeto de vida

Um relacionamento é sempre calcado em expectativas, sonhos e planos cultivados em conjunto. Assim, a traição não é apenas um golpe no amor próprio e no compromisso, mas uma  bomba em um projeto de vida. A infidelidade é uma forma de mostrar que ele fracassou. Porém, fingir que ela não aconteceu é uma maneira torta de manter esse projeto.

Questões financeiras

O aspecto financeiro costuma pesar para muita gente na hora de pensar em se separar, seja por necessidade, luxo ou conforto. Um rompimento sempre abala o padrão de vida. O que fazer, por exemplo, com os bens adquiridos durante o casamento? Quem vai morar aonde? Como organizar sozinho despesas que até então era compartilhadas?

Supervalorização da opinião alheia

A preocupação  comas aparências ainda é algo muito forte para muita gente. A preocupação com a repercussão na família ou entre o círculo de amigos sobre a admissão do fracasso do relacionamento costuma levar ao silêncio e/ou à ignorância de uma traição. Fechar os olhos é menos doloroso do que enfrentar a opinião dos outros.

Medo de ficar só

Para muitos homens e mulheres, não há nada mais apavorante do que vivenciar a experiência da solidão. O medo de ficar só, associado ao receio de nunca mais conseguir ter um novo vínculo afetivo, é uma das principais razões para investir no autoengano. Mas será que essas pessoas já não estão sozinhas por viverem uma relação insatisfatória?

Fontes: Marcelo Lábaki Agostinho, psicólogo clínico, psicanalista e terapeuta familiar com atuação em consultório particular e no IP-USP (Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo); Miriam Barros, psicóloga e psicodramatista, de São Paulo (SP); Silvia Malamud, psicóloga clínica especializada em terapia de casais e família, de São Paulo (SP), e Sylvia Loeb, psicóloga e psicanalista, de São Paulo (SP)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

BBC
BBC
Blog do Fred Mattos
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Blog Alto Astral
Redação
Redação
Redação
Da Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
BBC
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
ANSA
Sem Filtro
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
ANSA
Blog Alto Astral
Blog do Fred Mattos
Redação
Topo