Sexo

Ana Paula, do BBB 18, diz que fez sexo por 9h seguidas; isso é possível?

Reprodução/Gshow
Ana Paula, participante do "BBB18" Imagem: Reprodução/Gshow

Denise de Almeida

Do UOL

30/01/2018 21h27

Quanto tempo você já gastou no sexo? No meio de um papo quente no BBB18, Ana Paula disse que chegou a transar por nove horas seguidas. Mas será que é possível mesmo transar por mais tempo do que um turno de trabalho regular?

Iracema Teixeira, psicóloga e especialista em sexualidade, tem suas dúvidas. O primeiro ponto, para ela, seria determinar o que a sister considera como sexo.

"O casal pode ficar quanto tempo for numa relação sexual, considerando carinhos, namoro, penetração, descanso, mais carícias. Agora de penetração, propriamente dita, não é possível aguentar nove horas, tanto para o homem quanto para mulher", explica.

Veja também

Segundo Iracema, estudos de universidades da Europa conseguiram indicar qual o tempo médio de uma transa. Considerando do início da penetração até a ejaculação do homem, uma sessão de sexo tem em torno de 4 a 13 minutos de duração.

A maioria das transas dura em torno de 5 ou 6 minutos. E, se tiver menos do que 4 minutos, já pode ser considerada ejaculação precoce -- ou ejaculação rápida, nova terminologia usada para falar desses casos.

Claro que cada casal tem sua dinâmica e seu próprio tempo, mas há também um limite físico. "Pode chegar até uns 20 minutos, mas média é de 4 a 13. Se for muito além disso, vai gerar um desconforto na mulher. O atrito do pênis na parede do canal vaginal passa a se tornar desconfortável", justifica a especialista.

"Ficar mais de 15 ou 20 minutos sustentando o mesmo pique de excitação sexual não é tão frequente. Não posso dizer que não exista, mas a gente está falando de média", afirma.

Iracema lembra ainda que existe um quadro de ereção prolongada, chamado priapismo, mas que gera um grande desconforto e dor para o homem. "Ele não tem mais tensão, está sem motivação sexual, mas continua com o pênis ereto. Isso causa muita dor", conta.

A psicóloga ressalta que o importante não é a duração da transa, mas sim a qualidade dela. "O melhor tempo é aquele que o casal encontra e isso vai variar de acordo com o tipo de vida e também com o momento que a pessoa está vivendo, seja por questões financeiras, crise no trabalho, questões familiares, se a máquina de lavar quebrou, são N questões. O grande desafio do casal é poder encontrar um tempo que possa ser vivido exclusivamente para eles", opina.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Blog da Regina
Redação
Blog da Regina
Redação
Blog Deu Match
Redação
Redação
Blog da Regina
Blog Deu Match
Redação
Redação
Redação
Blog Deu Match
Redação
Mayumi Sato
BBC
Redação
Redação
Redação
EFE
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Mayumi Sato
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Mayumi Sato
Redação
do UOL
Mayumi Sato
Redação
Topo