Comportamento

Você se cobra demais?

Há quem se sente o tempo todo em dívida consigo mesmo e com os demais. Existem pessoas, porém, que só fazem aquilo que lhes dá na cabeça, sem se importar com a opinião alheia. Outras seguem suas vontades, mas com uma pontinha de culpa na consciência. Para saber a qual grupo você pertence, faça o teste proposto pela psicóloga Silvia Lux, de São Paulo.

  • Getty Images
    [[pts]] de 90 pontos

    Eterna devedora

    Você se cobra demais e não consegue se fazer presente em sua própria vida, com as escolhas que realmente quer. Está na hora de ser mais flexível e menos exigente com você. Deste jeito você acaba adoecendo. Procure se cuidar melhor e rever seus conceitos. Nós temos responsabilidade por nossas vidas e decidimos o que é melhor para nós mesmos. Você tem este direito. Beneficie-se!

  • Getty Images
    [[pts]] de 90 pontos

    Excesso de altruísmo

    Sua cobrança está um pouco acima do que precisava. Você sabe muito bem o que quer, mas está sempre muito preocupado (a) com o outro e acaba não aproveitando as escolhas que faz. Sabe o que é melhor para você, tem consciência que é justo (a), mas lhe falta coragem. Falta muito pouco para você ser aquilo que realmente quer. Pense nisso: não podemos viver em função do outro. Ajudar sim, anular-se jamais.

  • Getty Images
    [[pts]] de 90 pontos

    Senso de ponderação

    Parabéns! Seu nível de cobrança é ponderado. Você sabe respeitar o outro e, o que é mais importante, sabe respeitar a si próprio (a). Tem consciência de quando pode ceder e quando deve manter-se com seus próprios ideais, mesmo que não seja compreendido pelo outro. Sabe fazer suas escolhas para chegar aonde quer. Está no caminho certo, tudo indica que terá sucesso!

  • Getty Images
    [[pts]] de 90 pontos

    Imaturidade máxima

    Você apresenta um baixo nível de cobrança e altas doses de impulsividade, já percebeu? Cobrar-se demais realmente não é bom, mas não sentir praticamente nenhum tipo de cobrança é algo imaturo e que pode trazer sérias consequências para sua vida. Procure pensar um pouco mais em suas atitudes, isto vai ser bom para todos que estão perto de você, mas o maior beneficiado será você!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
EFE
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Agência Estado
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
BBC
AFP
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
ANSA
BBC
Topo