Comportamento

Qual pai das novelas você é?

Você pega leve demais na hora de impor limites? Acredita que uma conversa opera milagres? Sente-se um fracasso por não impedir que seu filho se frustre? Selecionamos quatro pais bastante emblemáticos das novelas atuais. Faça o teste, descubra com qual se identifica mais e veja o que pode melhorar (ou não) em seu comportamento

  1. 610

    Qual das palavras abaixo o descreve melhor no papel de pai?

  2. 710

    Além, é claro, do presente "material", o que gostaria de ganhar no Dia dos Pais?

  • [[pts]] de 90 pontos

    JONAS ARARIPE (Floriano Peixoto), de "Rebelde"

    Você é generoso e atencioso, mas tem o péssimo hábito de se sentir culpado quando as coisas não saem do jeito que imaginou. Atenção: ninguém, nem a mais perfeccionista das criaturas, consegue ter 100% de controle sobre a vida ? ou sobre os filhos. Ser pai é isso mesmo: oscilar entre tentativas, erros e acertos. Com o seu bom coração, provavelmente tem acertado bastante. Só precisa se cobrar menos.

  • [[pts]] de 90 pontos

    RAUL BRANDÃO (Antônio Fagundes) de "Insensato Coração"

    Você deve ser um pai muito querido, que está presente nos bons e maus momentos da vida de seu filho. Só comece a prestar a atenção se, em algumas ocasiões, não abusa da compreensão e da tolerância. Talvez, por algum medo infundado de não ser ou não se sentir amado, você acabe sendo permissivo demais.

  • [[pts]] de 90 pontos

    SALOMÃO HAYALLA (Daniel Filho), de "O Astro"

    Provavelmente você teve uma educação muito rígida, cujas lembranças deixaram marcas profundas. Só que em vez de se livrar delas, você repete o padrão. Não percebe que um pai pode ser amigo e companheiro do filho sem que para isso tenha que abrir mão de sua autoridade. Relaxe e aproveite: os relacionamentos são o que existem de melhor na vida, não o cumprimento de regras e normas.

  • [[pts]] de 90 pontos

    ÍCARO (Mateus Solano), de "Morde & Assopra"

    Amoroso, dedicado, compreensivo... Você é um paizão nota 10. Com certeza o carinho e o afeto com que trata seu filho está formando vínculos preciosos que vão durar para sempre. Apenas tome cuidado para não infantilizar demais o seu pequeno, impedindo-o de crescer e evoluir emocionalmente. Lembre-se: os filhos são do mundo, não dos pais. O seu papel é apoiá-lo, não tentar o tempo todo evitar problemas e frustrações.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
UOL Estilo
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Comportamento
BBC
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo