Comportamento

Você conseguiria ser a outra?

Para manter uma relação com um homem casado, há de ter forças para encarar certos desafios (internos e externos). Você seria capaz? Faça o teste e descubra

  1. 110

    O novo chefe do departamento é interessantíssimo e galanteador com as mulheres, mas é casado. O que você acha da atitude dele?

    Thinkstock
  2. 310

    Um relacionamento amoroso é feito, principalmente, de...

    Thinkstock
  3. 410

    Defina sexo excitante:

    Thinkstock
  4. 710

    O parceiro ideal é aquele que sempre oferece...

    Thinkstock
  • [[pts]] de 90 pontos

    Nunca seria amante

    De acordo com suas respostas, você é conservadora e talvez acredite que um casamento deve ser eterno. Suas convicções, no entanto, às vezes a tornam preconceituosa, pois você tem o hábito de julgar as pessoas sem se importar com seus motivos ou sua história. Será que tanta rigidez não camufla o desejo de provar coisas novas?

  • [[pts]] de 90 pontos

    Não tem estômago para ser amante

    De acordo com suas respostas, você tem uma visão saudável e realista de um relacionamento amoroso e de até onde pode e quer ir em busca de seus desejos. Não se sentiria confortável no papel de amante porque acredita que essa relação lhe faria mal e não acrescentaria nada à sua vida.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Nunca diz nunca

    Talvez a ideia de ser a outra não te agrade. Mas você é do tipo que acredita que no amor e na guerra vale tudo. Se estivesse apaixonada, arriscaria, sim, um romance com um sujeito casado. Talvez, em um momento de vulnerabilidade, também topasse um romance. Afinal, não seria o primeiro homem complicado com quem você se relacionaria.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 90 pontos

    Você toparia ser a outra

    De acordo com suas respostas, você é pouco ligada a convenções, Quer liberdade e detesta cobranças. Tampouco exige fidelidade eterna ou relatórios detalhados de seus parceiros. Por acreditar que o relacionamento com um homem casado teria um sabor de aventura, investiria sem pensar muito nas consequências

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
UOL Estilo
Redação
Topo