Comportamento

Você sabe trabalhar em equipe?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Nem todas as pessoas têm a capacidade de trabalhar em equipe. Descubra se você a possui ou se ainda precisa desenvolvê-la, respondendo o teste elaborado com a consultoria de Rafael Chiuzi, psicólogo do trabalho pela USP (Universidade de São Paulo).

  • Getty Images

    Sim e até prefere

    Você confia tanto em seu potencial que consegue articular a competência dos outros a seu favor, sem se sentir ameaçado. "Pessoas assim conseguem enxergar que, ao unir as próprias habilidades com as qualidades dos outros membros da equipe, conseguirão obter melhores resultados", explica o psicólogo Rafael Chiuzi. Segundo o especialista, esse é o perfil ideal no mundo corporativo atual, que está cada vez mais dinâmico e cuja principal orientação é formar times com competências complementares.

  • Getty Images

    Não, só confia em si mesmo

    Acatar às sugestões dos colegas e delegar tarefas não são seus pontos fortes. Você prefere chamar a responsabilidade para si e se esforça para trazer bons resultados sem depender de ninguém. Porém, além de assumir mais trabalho do que pode no presente, você poderá estar prejudicando o seu futuro na companhia. "no caso de uma promoção, o grupo passará a ser subordinado de quem foi promovido. E se essa pessoa for você e não houver uma boa relação com a equipe, ela poderá prejudicá-lo", afirma o psicólogo Rafael Chiuzi. Para mudar esse cenário, é preciso tornar-se mais cooperativo. Se tiver dificuldade, converse com um coach, um psicólogo ou busque um mentor dentro da companhia.

  • Getty Images

    Sim, mas não sabe se impor

    Inseguro quanto às suas habilidades, você prefere não tomar a frente de nada, para não se comprometer. Por isso, ainda que trabalhe muito, não consegue obter a admiração dos colegas ou chamar a atenção dos seus superiores para a sua atuação. "Quando há uma equipe coesa, os membros que se consideram mais fracos se sentem acolhidos e podem até conseguir mascarar suas deficiências", diz o psicólogo Rafael Chiuzi. Porém, é preciso que você se faça duas perguntas importantes antes de pensar em mudar: será que não está focando apenas em suas falhas e ignorando as habilidades que tem? Se há competências a serem aprimoradas, o que você está fazendo para isso? Conversar com um coach, um psicólogo ou um colega em quem confie pode ajudá-lo a responder esses questionamentos.

  • Getty Images

    Não, valoriza apenas as suas conquistas

    Você tem consciência de que, para conseguir um bom rendimento, precisa contar com a colaboração dos demais. Além disso, sempre que possível, delega tarefas. Porém, na hora de colher os louros do sucesso, você se esquece de que a ajuda da equipe foi fundamental e busca valorizar a sua atuação. No entanto, é interessante pensar no que o leva a agir assim. "Inseguro não é só aquele que não se impõe. Quem está sempre na ofensiva pode estar querendo ocultar suas fragilidades", diz Rafael Chiuzi, psicólogo do trabalho. Para não correr o risco de ser visto dessa forma pelos colegas, os primeiros passos são interessar-se verdadeiramente pelo ponto de vista deles e procurar criar vínculos genuínos. Assim, ficará mais fácil valorizar outras habilidades além das suas e crescer com o grupo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Topo