Comportamento

Você sabe conversar com seu parceiro?

Getty Images
imagem: Getty Images

O diálogo é fundamental para uma relação de respeito, mas brigas só magoam. Você dialogar com seu par? Descubra com o teste elaborado com a consultoria da psicóloga Graziela Baron Vanni, autora do livro "Amor, Ciúme e Infidelidade" (Editora Letras do Brasil).

  • Getty Images

    Sim, sabe conversar

    Você sabe expressar os seus sentimentos com equilíbrio e só fica satisfeito quando todos estão felizes. "Pessoas assim têm a qualidade de se colocar no lugar do outro", explica a psicóloga Graziela Baron Vanni. Exatamente por isso, você tem mais facilidade para evitar julgamentos e críticas desnecessários e para ouvir e considerar o lado do parceiro. E esse é o caminho ideal para construir uma relação saudável e feliz.

  • Getty Images

    Não, tem medo de se expressar

    Para evitar desentendimentos, você prefere relevar tudo o que o parceiro faz e te desagrada. Tome cuidado! Esse excesso de paciência pode esconder insegurança e falta de amor-próprio. "Na tentativa de evitar brigas, a pessoa acaba se tornando passiva. E esse comportamento pode indicar, na verdade, o medo do abandono e da rejeição", afirma a psicóloga Graziela Baron Vanni. É preciso respeitar a própria individualidade e desenvolver a autoestima. Assim, conseguirá viver um relacionamento equilibrado e se sentir à vontade para expressar o que sente ao par.

  • Getty Images

    Não, você fala demais

    Quando o assunto é discutir a relação, o seu lema é "toda hora é hora". Mas é preciso ficar atento para não fazer tempestade em copo d'água, ou o seu relacionamento poderá ir pelo ralo. "Discutir com o parceiro frequentemente pode ser um indício de que a pessoa quer mudar o outro ou que está insatisfeita com o par", diz a psicóloga Graziela Baron Vanni. É importante ter em mente que as pessoas mudam quando acham que precisam e não quando os outros desejam. Por isso, faça um exercício de autoconhecimento e tente descobrir o que você espera da relação. Com essa resposta, será mais fácil respeitar a individualidade do parceiro e encontrar o equilíbrio na união ou partir para outra.

  • Getty Images

    Não, guarda tudo e despeja depois

    Você dá tudo para não entrar em uma briga, por isso evita ao máximo discutir com o parceiro. Porém, não se esquece de nada que o desagrada e, mais tarde, aproveita para despejar nele todas as suas insatisfações de uma vez só. "O desequilíbrio é inadequado para os dois lados. Falar demais pode acabar com a relação, não falar e explodir em uma determinada ocasião também", diz a psicóloga Graziela Baron Vanni. Perder a cabeça assim é prejudicial não apenas para o relacionamento, mas também para a sua saúde. Procure aproveitar os momentos em que está de cabeça fria para conversar sobre aquilo que não está lhe agradando na relação, e não deixe os problemas virarem uma bola de neve.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Topo