Comportamento

Você se adaptaria ao home office?

Getty Images
Imagem: Getty Images

O home office tem sido adotado por muitas empresas. Mas será que você está pronto para trabalhar em casa? Descubra, a partir do teste realizado com a colaboração de André Brik, autor do livro "Trabalho Portátil" (Editora AB).

  1. 1010

    Você é um selecionador e recebe um currículo de uma pessoa que trabalhou muito tempo em home office. O que pensa desse profissional?

    Gett Images
  • Getty Images

    Sim, está pronto para a mudança

    Você está preparado para a experiência de home office. Caso tenha a oportunidade, não pense duas vezes antes de expressar a seus superiores o desejo de trabalhar em casa. Se os seus resultados são bons agora, atuando sozinho você, provavelmente, continuará apresentando um bom desempenho. "Quando o profissional com esse perfil passa a atuar em home office, fica tão motivado pelos benefícios, como livrar-se do trânsito e acordar um pouco mais tarde, que se engaja ainda mais e até aumenta a produtividade", afirma André Brik, autor do livro "Trabalho Portátil" (Editora AB).

  • Getty Images

    Não, seu lugar é na empresa

    Sua presença no dia a dia corporativo ainda é necessária, para que não haja prejuízos à sua produtividade. Para trabalhar em casa, você precisaria desenvolver melhor a capacidade de autogestão, organizar melhor o tempo e criar sua própria rotina. Para André Brik, autor do livro "Trabalho Portátil" (Editora AB), é preciso, também, estar atento a algumas armadilhas, como a presença da família em casa e a televisão sempre disponível. "São desafios que nem todos conseguem administrar", relata.

  • Getty Images

    Não, deve ficar no meio-termo

    Apesar não ter dificuldade de se adaptar ao home office, você também precisa viver o dia a dia da empresa. No entanto, muitas delas já dão a liberdade para que os funcionários trabalhem alguns dias do mês em casa, de acordo com os resultados apresentados. "Não ter queda de produtividade, não receber críticas do gestor e não ter notícias ruins sobre as entregas são bons indícios de que a sua atuação está satisfazendo a empresa e os colegas de profissão", explica André Brik, autor do livro "Trabalho Portátil" (Editora AB).

  • Getty Images

    Sim, mas é bom ter cuidado

    Quando pensa em trabalho, é em casa que você se vê atuando. Para você, o home office é uma oportunidade de cuidar da sua vida profissional, sem deixar de lado o controle da vida doméstica. Apenas tome cuidado para não misturar essas duas dimensões e, sobretudo, para não ficar totalmente desconectado da empresa. Outra orientação do especialista é investir na sua capacitação profissional. "Trabalhando em casa, você tem a vantagem de otimizar o tempo. Sobram algumas horas para fazer bons cursos", diz André Brik, autor do livro "Trabalho Portátil" (Editora AB)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
do UOL
Blog da Morango
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
BBC
Redação
BBC
Redação
Beleza e maternidade
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
do UOL
Topo