Comportamento

Você sabe dizer o que quer na cama?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Descubra até que ponto você conhece e expressa seus desejos, a partir do teste elaborado com a consultoria da psicóloga Iracema Teixeira, presidente da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana.

  • Getty Images

    Sim, mas pode assustar o parceiro

    "Prazer em primeiro lugar" é o seu lema. Você é desinibido e não só fala como faz o que quer na cama. Só deve ter cuidado para não intimidar o par ou acabar sendo egoísta. "O sexo, seja ele casual ou não, é um encontro, uma troca em que ambos precisam se satisfazer", afirma a psicóloga Iracema Teixeira. O ideal, segundo a especialista, é não fazer do sexo uma arma de poder, mas um jogo erótico em que ambos ganham.

  • Getty Images

    Sim, e usa também a linguagem do corpo

    Você sabe que o par não pode adivinhar seus pensamentos e, por isso, expõe seus desejos sexuais com frequência. Faz isso de maneira sutil e descontraída, criando situações eróticas e envolvendo o par. E, segundo a psicóloga Iracema Teixeira, está no caminho certo. "O importante é encontrar um momento tranquilo para expressar o que espera do sexo, sem formalidades. Você pode, também, se expressar durante o ato sexual, indicando ao parceiro o que mais gosta".

  • Getty Images

    Não. Fica com vergonha só de pensar

    Com medo de ser reprovado ou de desagradar o par, você prefere reprimir os seus desejos a realizá-los. Mas agir assim pode surtir efeito contrário e a sintonia de vocês cama acabará prejudicada. "Quando a pessoa se preocupa muito com que o outro vai pensar, acaba se rebaixando. Porém, uma relação só é bem-sucedida quando ambos se valorizam. Afinal, quem não tem amor-próprio não tem o que oferecer", explica a psicóloga Iracema Teixeira.

  • Getty Images

    Não. É inexperiente

    Você não conhece bem o próprio corpo e não sabe ao certo o que lhe dá prazer. Exatamente por isso, não consegue dizer o que quer experimentar na cama e, às vezes, até projeta na outra pessoa a obrigação de satisfazer seus anseios, o que é um erro comum. "Cada um é responsável pelo próprio prazer e, para alcançar a satisfação sexual, precisa se conhecer", diz a psicóloga Iracema Teixeira. Ao sentir mais segurança, você naturalmente expressará melhor todos os seus desejos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Da Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Topo