Comportamento

Você sofre de recalque nas redes sociais?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Avalie o nível da sua inveja, respondendo ao teste elaborado com a consultoria da psicóloga Ana Paula Magosso Cavaggioni, pesquisadora do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, e de Juliana Bonetti Simão, psicanalista pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo)

  • Getty Images

    Deixe de recalque

    Basta alguém publicar que está de viagem marcada para o exterior ou uma foto em um restaurante badalado para você começar a se retorcer de inveja em frente à tela do computador. Controle suas emoções! "Tenha em mente que os fatos que as pessoas expõem nas redes sociais nem sempre condizem com a realidade", declara a psicóloga Ana Paula Magosso Cavaggioni.Ter consciência do que está sentindo é o primeiro passo para superar o sentimento e reconhecer o seu próprio valor

  • Getty Images

    Não sabe o que é recalque

    Na mesma medida em que é reservado, você evita saber sobre a vida alheia. Por isso, quase não acessa os seus perfis nas redes sociais, de modo que não é vítima desse sentimento na web. Mas isso não significa que você não possa sentir inveja em outras situações. Afinal, você é um ser humano! "A inveja faz parte da vida e da natureza humana. Enquanto a pessoa consegue manter esse sentimento sob controle e a autoestima elevada, tudo bem", diz a psicóloga Ana Paula Magosso Cavaggioni

  • Getty Images

    O recalque passa longe

    Você sabe que a realidade das redes sociais deve ser analisada com cautela, pois as aparências enganam. "Quem acredita facilmente no que vê é facilmente manipulado", diz a psicanalista Juliana Bonetti Simão. Consciente disso, você não se deixa levar pela primeira impressão e tampouco se abala com o que as pessoas publicam nas redes sociais. Prefere gastar o seu tempo investindo em você e em meios de alcançar a sua felicidade. Continue assim!

  • Getty Images

    Deseja vida longa aos inimigos

    Vira e mexe você imagina como seria agradável estar no lugar daquele amigo que acabou de contar nas redes sociais que foi promovido ou que publicou uma foto que rendeu muitos elogios. E isso não é necessariamente um problema. "Quando a inveja é derivada da admiração e não provoca em quem a sente a vontade de destruir o outro, ela é saudável e faz parte da natureza humana", afirma a psicóloga Juliana Bonetti Simão

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo