Comportamento

Você sabe superar o fim de um amor?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Avalie-se, respondendo ao teste elaborado com a consultoria de Bruna Seibel, psicóloga pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e terapeuta na área de família e casal

  1. 310

    O que você sente quando pensa no "ex"?

    Getty Images
  • Getty Images

    Sofre, mas supera

    Sim, suas respostas indicam que você sabe lidar com a dor e superar o término de uma relação, mesmo que isso dure um tempo, o que é normal. Fica o aprendizado. "Toda relação proporciona aprendizados, mesmo as mais dolorosas. Colocar na balança o que foi aprendido, reciclando o que pode ser mudado, parece ser o melhor jeito de lidar com o fim de um relacionamento", diz a psicóloga Bruna Seibel

  • Getty Images

    A culpa é do outro

    Suas respostas sugerem que você tende a culpar o outro pelo fim da relação. Assim, vê-se inundado por uma mistura de sentimentos, como tristeza e raiva. Talvez, inconscientemente, sinta-se incompleto sem a presença daquele que partiu. Refletir sobre o que ocorreu, sem buscar culpados, pode ajudá-lo a seguir adiante

  • Getty Images

    Não suporta rejeição

    Suas respostas sugerem uma grande dificuldade em superar o término de um amor. "Algumas pessoas podem se mostrar mais dependentes em um relacionamento, com dificuldade de se sentirem bem sozinhas", afirma a psicóloga Bruna Seibel. Será que esse é o seu caso? Lembre-se de que as relações são fundamentais para a vida, mas a autonomia também é. Cultive a autoestima e não hesite em pedir ajuda a um terapeuta

  • Getty Images

    Pensa que sabe

    Suas respostas indicam que você não se permite chorar pelo leite derramado e, diante do término de uma relação, logo põe a fila para andar. Fazendo assim, acha que supera bem o fim de um relacionamento, não é? Mas será que a atitude não esconde uma dificuldade de lidar com a perda? "A busca por prazeres momentâneos pode ser uma tentativa de fuga da reflexão e a procura contínua por relacionamentos pode camuflar uma dificuldade de autonomia", afirma a psicóloga Bruna Seibel

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
BBC
BBC
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Casamento
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
UOL Estilo
Topo