Comportamento

Como anda a sua libido?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Reflita sobre o assunto a partir do teste elaborado com a colaboração do psicoterapeuta sexual e de casais Oswaldo M. Rodrigues Jr., diretor do InPaSex (Instituto Paulista de Sexualidade)

  • Getty Images

    Muito alta

    Suas respostas indicam que, para você, o sexo é prazeroso e relaxante, além de trazer bem-estar. Por isso mesmo, o seu interesse pelo assunto está sempre em alta e o desejo, também. "Mesmo o excesso de desejo sexual não deve ser considerado um problema, exceto se isso impedir o enfrentamento de problemas do cotidiano. Também é importante refletir se a expressão do desejo sexual é feita considerando a vontade da outra pessoa envolvida", afirma o terapeuta sexual Oswaldo M. Rodrigues Jr.

  • Getty Images

    Alta, mas graças ao par

    Ao que tudo indica, você tem uma vida sexual satisfatória e está aberto para novas experiências. Porém, fica muito na dependência do par. Além disso, expõe pouco os seus desejos, dando prioridade ao prazer do outro. "É importante que o casal saiba comunicar-se de modo franco e assertivo. Depois de desenvolver essa comunicação, os parceiros poderão investir em novos comportamentos sexuais e explorar as várias formas de obtenção de prazer, para que as experiências sejam cada vez melhores", diz o terapeuta sexual Oswaldo M. Rodrigues Jr.

  • Getty Images

    Baixa, o sexo não é prioridade

    Suas respostas mostram que você simplesmente não enxerga o sexo como uma prioridade, uma fonte de prazer e bem-estar. Com isso, está afastando-se progressivamente de todas as expressões eróticas. "Não é possível culpar a rotina, ou qualquer outro fator externo, por problemas sexuais. A questão é como cada um administra seu dia a dia. É possível criar boas rotinas, em que o sexo está incluído e é considerado uma parte importante da convivência a dois", afirma o terapeuta sexual Oswaldo M. Rodrigues Jr.

  • Getty Images

    Muito baixa

    Aparentemente, sua libido está em baixa. A falta de desejo pode estar ligada a uma educação repressora, a um problema físico ou mesmo emocional. Porém, você pode estar simplesmente direcionando suas energias para outras fontes de prazer, como o trabalho ou a maternidade. "Muitas vezes, as questões relacionadas ao desejo sexual exigem adaptações, novos comportamentos e interações. E a psicoterapia é uma forma de acessar esses caminhos", diz o terapeuta sexual Oswaldo M. Rodrigues Jr.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Comportamento
Redação
do UOL
Redação
do UOL
Blog da Morango
Redação
Redação
Comportamento
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
do UOL
Blog do Fred Mattos
Comportamento
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Blog da Morango
Redação
BBC
Redação
do UOL
Redação
Redação
Topo