Equilíbrio

Que tipo de pessoa você é quando está com fome?

Getty Images
Imagem: Getty Images

Descubra a partir do teste elaborado com a colaboração de Gabriella Alves, mestranda em nutrição pela UNB (Universidade de Brasília)

  • Getty Images

    A mal-humorada

    Suas respostas indicam que você não lida bem com a possibilidade de não fazer as refeições nos horários habituais, quando ocorrem imprevistos. Nessas ocasiões, demonstra irritação, mau humor e ansiedade. Além disso, tende a usar a comida para aliviar as tensões. "Apetite é bem diferente de fome. O primeiro é mais emocional e geralmente está ligado à vontade de comer algo bem calórico", explica a nutricionista Gabriella Alves. Fazer escolhas saudáveis à mesa e comer mais vezes ao dia devem ser seus objetivos

  • Getty Images

    A devagar, quase parando

    Aparentemente, você não muda de humor quando precisa fazer jejuns prolongados, mas sente uma considerável perda de disposição e produtividade. O que é normal para quem se alimenta de maneira regrada. "Quando você começa a sentir fome é porque o organismo está com menos energia do que precisa para manter as atividades normais. Então, o metabolismo fica um pouco mais lento", declara a nutricionista Gabriella Alves. Para escapar desse quadro, o melhor é ter sempre lanches saudáveis por perto

  • Getty Images

    A devoradora, que come o que vê

    Ao que tudo indica, você não costuma sentir os efeitos físicos ou psicológicos ocasionados pela fome, simplesmente porque não dá chance para que eles apareçam. Em vez disso, vai comendo o que encontra pela frente, sem o menor critério. "Na hora da fome, a tendência é escolher o que é mais prático e acessível. Mas é preciso lembrar que fast food, refrigerantes, doces e massas, entre outros alimentos muito calóricos, provocam vários malefícios à saúde", afirma a nutricionista Gabriella Alves. O ideal é buscar uma alimentação fracionada, para controlar a fome e melhorar as escolhas à mesa

  • Getty Images

    A equilibrada, que nunca perde a linha

    Suas respostas indicam que você pode sobreviver durante um dia inteiro sem comer e sem perder o bom humor ou a disposição. E tudo isso por conta dos lanchinhos saudáveis que carrega consigo, deixa na gaveta do armário ou espalha pelo porta-luvas do carro. Assim, quando a fome aperta, nunca está desprevenido, não precisa recorrer ao fast food nem a qualquer outro tipo de comida que não esteja de acordo com a sua dieta. Sua saúde e sua aparência agradecem!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Agência Estado
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
UOL Estilo
Redação
BBC
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
UOL Estilo
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo