Sexo

"Senti borboletas lá embaixo": 6 mulheres descrevem seu primeiro orgasmo

iStock
Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

23/01/2018 18h19

Dizem que a primeira vez a gente nunca esquece. Mas e o primeiro orgasmo? Sozinha, com o parceiro, com a parceira, com as mãos, com um vibrador, no chuveiro... Abaixo, 6 mulheres contam ao UOL quando, onde e como chegaram lá pela primeira vez. Deleite-se!

Borboletas além do estômago

"Eu e meu primeiro namorado sério estávamos no começo do namoro e fomos pra Teresópolis com a minha família. De noite a gente fugiu pro banheiro e, depois de uma pegação intensa, ele começou a fazer oral em mim... Eu tava meio em pé, ele abaixado. Já tava bom, mas de repente eu comecei a me contorcer, não sei explicar, mal conseguia ficar em pé. Eu senti meio que um arrepio, mas ao mesmo tempo fiquei mole. E aí ele me olhou e percebemos que tinha sido meu primeiro orgasmo real oficial, com um dos primeiros orais que recebi. Sabe a sensação de borboletas no estômago? Acho que tive na pepeca” - Paula*, 22 anos

Leia mais

Como se fosse na segunda vez

"Meu primeiro orgasmo foi com 42 anos, depois que me separei do meu primeiro marido e conheci o Carlos*, o segundo e atual. Não é que o sexo era ruim com o primeiro, mas eu casei virgem e muito nova – aos 19 – e realmente não conhecia nada da vida, sexualmente falando. Tudo o que fazíamos juntos era muito bom, mas eu vivia 100% focada em dar prazer pra ele. E ele também. Alguns meses depois que me separei, conheci o Carlos num bar e ele me chamou pra jantar. O jantar se estendeu pro meu apartamento e foi uma das melhores noites da minha vida. Foi a primeira vez que gozei mesmo, e soube disso porque era mais intenso que todo prazer que já tinha sentido. Minha perna tremia toda. É uma sensação de liberdade. Eu gritei não porque quis, mas porque precisava, sabe? – Vanessa*, 45 anos

Meu melhor amigo que vibra

"Quando eu estava no primeiro ano da faculdade, aos 18 anos, ganhei de amigo secreto um vibrador. Minhas amigas me zoavam porque eu era virgem e nunca tinha me masturbado, aí me deram um do tipo bullet, que é tipo uma bolinha que vibra. Achei besteira e deixei pra lá. Uma noite, acordei toda ofegante depois de um sonho caliente e não conseguia voltar a dormir, até que resolvi pegar o dito cujo e testar. Posso dizer que nunca mais passei um dia sem usá-lo. Naquele dia a sensação foi de alívio, me contorci com o vibrador no clitóris e a sensação só melhorava. Hoje me ajuda até a sarar da gripe" - Bianca*, 26 anos

iStock
Imagem: iStock

De primeira

"A primeira vez em que eu tive um orgasmo com alguém foi quando perdi minha virgindade. Eu tinha 19 ou 20 anos e o cara era 5 anos mais velho que eu. A gente começou a se pegar e foi ficando mais intenso... Aí aconteceu. Obviamente doeu no começo e sangrou (porque eu sangro por qualquer coisa, até num espirro). Mas eu tava muito a fim e ele também. Sabe quando você tá sem pressa, porém com muita pressa? Foi um pouco assim. O primeiro, com as mãos, foi meio ok, mas depois, com a penetração, ficou bom de verdade. Acho que o fato de ele ter consideravelmente mais milhagem do que eu contou muito, mas também o fato de que eu tava muito a fim dele, emocionalmente e fisicamente, porque eu não sou boa de separar essas duas coisas” – Julia*, 30 anos

Coach sexual

"Faz muito tempo. E não na adolescência, como a maioria das meninas, mas depois de bem mais velha, uns 30 e tantos anos. Comecei a namorar meu primeiro namorado com 22 anos, na faculdade, e ele era extremamente machista e egoísta, do tipo que gozava e dormia. Fiquei com ele por 8 anos e nunca casamos, foi um relacionamento abusivo. Depois de terminar, fiz um curso de coaching pessoal voltado para o corpo feminino e lá conheci a Andreia*. Ela era o oposto de mim: livre, independente, sabia das coisas. Nunca pensei em me relacionar com uma mulher, mas com ela era tudo tão leve que deixei acontecer. Um dia, depois de uns vinhos na casa dela, começamos a nos beijar e a coisa esquentou. Ela fez um oral em mim do tipo que eununca tinha recebido, com tesão, vontade, e não parou até eu gozar. Foi tão bom que eu chorei e molhei toda a cama com um misto de lágrimas e lubrificação. Ela começou a rir muito da situação. Depois dela voltei a sair com homens e me casei uns dois anos depois. Hoje sei muito bem do que eu gosto no sexo" - Gabriela*, 54 anos

Debaixo d'água

"Tive meu primeiro orgasmo sem nem saber o que era orgasmo. Desde pequena lembro de sentir prazer com pequenas coisas, como ‘roçar’ minha vagina no travesseiro ou na quina do sofá. Isso com 9, 10 anos. Quando eu tinha 12, ouvi minha irmã mais velha e o namorado conversando e ele disse pra ela pegar o chuveirinho e direcionar o jato d’água para a vagina, mas não dentro, e sim na parte fofinha, que ela ia gostar muito. Fui tomar banho e tentei imitar, e foi ali que rolou. Parecia que meu coração estava batendo lá embaixo, tudo pulsava naquela direção, mordi meus dedos pra não berrar” – Luana, 29 anos

* Os nomes foram trocados a pedido das entrevistadas

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Mayumi Sato
Redação
do UOL
Mayumi Sato
Redação
Redação
Redação
Redação
ANSA
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Mayumi Sato
Redação
Da Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
do UOL
Redação
Redação
Redação
Topo