Comportamento

China espera boom de bebês em Ano do Dragão

Reuters
Em maternidade chinesa, cuidadora conduz bebê em exercício na água Imagem: Reuters

23/01/2012 07h56

Catherine Mok, uma mãe moderna de Hong Kong que se divide entre a vida profissional e criação da filha, sabia que dar à luz neste ano sairia caro.

Assim como muitos chineses e descendentes ao redor do mundo, ela crê que o signo do Dragão é o Zodíaco do calendário chinês mais auspicioso do ciclo tradicional que completa sua volta a cada 12 anos.

  • BBC

    "Não quero esperar mais 12 anos por um bebê dragão", diz Catherine Mok


"O dragão é especial. Eu podia esperar um ou dois anos mais, mas claro, não quero esperar mais 12 anos por um bebê dragão", disso Catherine à BBC. O parto deve ser no mês que vem.

Em parte por causa do aumento da demanda, a maquiadora espera gastar cerca de 100 mil dólares de Hong Kong (cerca de R$ 22,7 mil) só em cuidados médicos relativos à gravidez - mais de 50% a mais do que gastou no nascimento da primeira filha, nascida no ano do Rato, três anos atrás.

Em Hong Kong, o governo espera um aumento de 5% no número de nascimentos em 2012 em relação a 2011. Médicos e especialistas acreditam que a elevação seja ainda maior: 10%.

Gastos
Os esforços dos casais em ter seus filhos no Ano do Dragão têm criado expectativas econômicas para empresas que vendem ou fabricam fraldas, berços, leite em pó e outros produtos neste nicho de mercado.

BBcare, uma agência que provê serviços pré e pós-natal em Hong Kong, espera uma aumento de 20% na sua receita neste ano em relação ao ano passado em decorrência do Ano do Dragão.

A agência diz que o número de consultas por telefone ou e-mail já saltou 25% e os preços dos serviços, prestados por hora, 15%.

A tradição chinesa manda que, por causa de sua vulnerabilidade após o parto, a mulher entre em um período de recuperação e, se possível, confinamento dentro de casa por um mês para se recuperar.

Wendy Law, da BBcare, acredita que, com tantas mães dando à luz em Hong Kong ao mesmo tempo, vai haver carência de enfermeiros para cuidar de tanto pós-parto.

Para analistas, o "baby boom" temporário também deve dar fôlego ao mercado imobiliário em cidades chinesas.

Segundo o analista de mercado imobiliário do banco de investimento Citi, Ken Yeung,um ano considerado auspicioso no Zodíaco acarreta um aumento de 12% no número de casamentos, contra apenas 1% em anos vistos como menos afortunados.

"Esse aumento no número de casamentos cria um bom potencial para potenciais compradores no mercado imobiliário", diz.

"Esse fator deve liderar a demanda estrutural por imóveis em 2012, ao passo que a oferta deve continuar limitada no curto prazo."

Incertezas
De Taiwan a Indonésia, a crença de que o Ano do Dragão traz boa sorte é amplamente aceita entre os cidadãos chineses ou descendentes. Mas o custo associado a ter um filho especialmente neste período afasta muita gente.

O analista do banco BNP Paribas Charlie Chen, que ganha parte do seu salário em bônus, diz que este é o fator que mais pesa na decisão de ter filhos ou não.

Com tanta incerteza nos mercados financeiros dos EUA e da Europa, ele diz que não tem escolha senão pular o Ano do Dragão.

"Sou casado e pessoalmente, queria ter um filho no Ano do Dragão", ele diz. "Mas com a turbulência nos mercados, vamos ter de adiar."

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
UOL Estilo
Redação
Redação
BBC
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
BBC
do UOL
Redação
Redação
Redação
do UOL
Comportamento
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
UOL Estilo
do UOL
Redação
Redação
Redação
Redação
Folha de S.Paulo
Folha de S.Paulo
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Comportamento
Redação
Redação
Redação
Topo