Gravidez e filhos

Dúvidas de grávida: corro risco de evacuar no parto? A vagina fica larga?

Getty Images
Aproveite as consultas de pré-natal para tirar suas dúvidas Imagem: Getty Images

Melissa Diniz

Do UOL, em São Paulo

20/01/2016 07h15

 

A cabeça da mulher costuma fervilhar de dúvidas durante a gestação. Para ajudar nessa fase, o UOL conversou com as ginecologistas e obstetras Fabiana Ruas D. Modesto, do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco, em São Paulo, e Alessandra Bedin, do Hospital Israelita Albert Einstein, também na capital paulista, sobre 15 perguntas que toda grávida deseja fazer, mas às vezes fica sem graça, ao médico que acompanha o pré-natal.

  • Corro o risco de fazer cocô durante o parto normal? E se acontecer?

    Sim. Quando a cabeça do bebê passa pelo canal de parto pode comprimir o reto, parte do intestino que fica logo atrás do útero e da vagina. Se acontecer, não tem problema algum, os médicos estão acostumados a limpar, se necessário.

  • Minha vagina pode ficar larga após o parto?

    Isso é um mito. Um parto normal bem assistido não causa essa alteração. Há outros fatores, entretanto, que contribuem para frouxidão vaginal, como idade e obesidade. O importante é fortalecer a musculatura da região com exercícios perineais.

  • É normal sentir mais desejo sexual por estar grávida?

    Sim. O fluxo sanguíneo da região pélvica é bem maior na gravidez. Na excitação sexual inicial, é exatamente esse o mecanismo de estímulo. Além disso, muitos fatores, como não ter mais medo de engravidar, ajudam a relaxar. Leia mais

  • Enjoei do meu marido, e agora?

    Essa reclamação é frequente entre as gestantes, a solução é esperar, porque logo o enjoo passa e tudo volta ao normal.

  • Meu marido não quer transar por medo de machucar o bebê, o que digo a ele?

    É preciso lembrá-lo de que a criança está bem protegida dentro do útero, que é um músculo forte, envolto em uma bolsa de água, e que o colo uterino tem um tampão para evitar infecções. Se restarem dúvidas, o pai pode questionar o médico durante uma consulta de pré-natal.

  • É normal ter corrimento durante a gravidez?

    Sim. Por conta do aumento da lubrificação vaginal, a mulher tem a sensação de maior umidade. Procure o médico que acompanha o pré-natal se houver coceira, odor ruim ou sensação de desconforto.

  • Por que tenho mais gases na gestação?

    Na gestação e nas primeiras 12 semanas pós-parto, as mulheres podem ter uma diminuição da motilidade do intestino, ocasionando sensação de inchaço abdominal, prisão de ventre e gases. Essa alteração é causada por mudanças hormonais, principalmente pelo aumento da progesterona.

  • Sinto-me feia grávida e isso abala minha autoestima, como lidar?

    Durante a gravidez, a mulher passa por alterações físicas intensas e muitas oscilações do humor. É importante lembrar que se trata de uma fase transitória. Tente levar essas mudanças pelo lado positivo e não se preocupe. Se necessário, procure a ajuda de um psicólogo.

  • O cheiro do meu suor está mais forte, o que fazer?

    Por conta das alterações hormonais, as gestantes podem apresentar aumento da sudorese. Além dos cuidados básicos de higiene, é bom usar roupas leves, feitas de tecidos naturais, que facilitam a transpiração. Evite cafeína, alimentos picantes e hidrate-se bastante. Álcool e nicotina --que também interferem no odor-- já devem estar fora do seu dia a dia.

  • No sexo, sinto dor quando meu marido toca meus seios. Existe solução?

    A sensibilidade é normal e passageira. O casal precisa descobrir o que é e o que não é prazeroso. Neste caso, melhor não tocar.

  • Existe algum empecilho para que eu receba sexo oral?

    O sexo oral, na maioria das vezes, não tem contraindicação. E, por vezes, é uma ótima opção quando é preciso evitar a penetração por alguma razão. Lembre-se apenas de evitar o contato no caso de herpes labial ativo.

  • Até que mês de gravidez posso manter relações sexuais?

    Se não há complicações na gestação, não há motivos para contraindicar o sexo. Para algumas mulheres, há posições mais confortáveis do que outras. Procure descobrir as melhores para você e seu par. Se houver sangramento vaginal, perda de líquido, dor ou qualquer dúvida, procure orientação médica.

  • Após ter o bebê, meu desejo sexual sumiu, e agora?

    Calma. Assim que seu organismo voltar ao funcionamento hormonal normal, o desejo é recuperado.

  • Estou no resguardo. Até quando preciso esperar para fazer sexo?

    A média de espera para retomar a vida sexual após o nascimento do bebê é de 30 dias. Leia mais

  • O sexo pode ser um pouco dolorido após dar à luz?

    Sim, porque, nessa fase, os hormônios comportam-se quase como que na menopausa. A vagina fica mais seca e dificulta a penetração, causando dor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
Redação
do UOL
Redação
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Erratas
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
Topo