Infância

Exercite-se com seu filho e colabore com seu desenvolvimento físico e emocional

Fabiana Gonçalves

Do UOL, em São Paulo

04/12/2012 07h00

Se você é um pai ou uma mãe esportista ou se quer deixar de ser sedentário, que tal escolher um exercício que agrade a você e a seu filho e praticar com ele? Além dos já sabidos benefícios para a saúde de ambos, você vai contribuir com o desenvolvimento da criança e estreitará ainda mais os vínculos afetivos com ela.

“Qualquer exercício ou atividade cultural deve ser sempre partilhada com os filhos, pois isso demonstra parceria. É um tempo a mais com as crianças”, afirma o pediatra Ricardo Barros, coordenador do grupo de trabalho em medicina esportiva da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria).

Praticar esportes foi considerado o segundo motivo de alegria para 94% das crianças ouvidas em uma pesquisa realizada pelo instituto Datafolha, a pedido da SBP, e divulgada no primeiro semestre deste ano. Só perdeu para o dia do aniversário, com 96%. O levantamento ouviu 1.525 crianças de quatro a dez anos, de todas as classes econômicas, de 131 municípios de todo o país. Na mesma pesquisa, 71% das crianças afirmaram ficar “tristes” e “muito tristes” longe da família.

“Dentre as várias atitudes que os pais podem adotar para estarem mais presentes na vida dos filhos, uma das principais é compartilhar atividades físicas com eles. Todos se exercitam e, simultaneamente, fortalecem os vínculos afetivos”, afirma o pediatra Joel Conceição Bressa da Cunha, do Departamento Científico de Saúde Escolar da SBP. Para o especialista, incluir a prática de alguma modalidade é ainda um forte estímulo para que a criança valorize o exercício físico no futuro.

O que fazer?

Se está decidido a praticar alguma atividade com seu filho, você tem de escolher algo que seja do seu gosto, mas que também seja adequado à faixa etária dele. A natação –modalidade que pode ser praticada a partir dos seis meses e, geralmente, até os dois anos com a presença dos pais na piscina– é uma indicação unânime entre os especialistas.

Segundo Luís Fernando Taioli, professor de natação infantil da Academia Competition, em São Paulo, a presença dos pais dentro d’água transmite confiança para a criança. “A troca de experiência e de informações durante a atividade auxilia para uma maior compreensão do desenvolvimento motor”, diz o profissional sobre a modalidade, que promove ainda aumento de tônus muscular, melhora do sono, do apetite e da respiração.

Para crianças entre três e cinco anos, segundo o pediatra Joel Conceição Bressa da Cunha, brincadeiras corriqueiras, como pega-pega e esconde-esconde, bastam como pretexto para pais e filhos mexerem o corpo juntos.

A partir de seis anos, adultos e crianças podem se aventurar em iniciação em artes marciais, atletismo, capoeira, balé, futebol, entre outras modalidades. “À medida que a criança aprende a avaliar a velocidade, a seguir objetos em movimento, tem mais equilíbrio e postura, atenção e memória mais desenvolvidas, pode se engajar em outras práticas esportivas”, fala Cunha.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Revista Ana Maria
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Notícias - Cotidiano
do UOL
UOL Notícias - Cotidiano
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
Disney Babble
Topo