Bebês

Pediatra dá dicas para deixar pratos favoritos das crianças mais saudáveis

Bruna Grillo/Divulgação
O pediatra Sérgio Spalter Imagem: Bruna Grillo/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

31/10/2013 16h14

A maioria dos pais enfrenta uma verdadeira batalha diária para incluir alimentos saudáveis nas refeições dos filhos. De tanto ouvir as queixas dos cuidadores em seu consultório, o pediatra Sérgio Spalter, do Hospital Israelita Albert Einsntein, de São Paulo, passou a dar workshops em que ensina receitas para os adultos driblarem a costumeira falta de boa vontade das crianças em relação às frutas, verduras e legumes.

Segundo o especialista, pequenos truques podem tornar pratos, que fazem sucesso com o paladar infantil, mais ricos em nutrientes. "Um caminho é agregar ingredientes que tornem a comida mais saudável", afirma Splater.

O pediatra, por exemplo, criou uma versão caseira da tradicional pizza em que a massa é feita, meio a meio, com farinhas branca e integral e enriquecida com abóbora japonesa, cozida e amassada.

No preparo da pizza, Spalter ainda deu um jeito de incrementar o molho de tomate, colocando cenouras cozidas. A dica vale tanto para o molho caseiro quanto o industrializado. O preparo pode também acompanhar o espaguete, outro prato que é sucesso garantido com crianças. "Um molho branco pode ser enriquecido com inhame. Já fiz para várias crianças e elas não estranharam o sabor", diz.

Ricos em ferro e vitamina A, os temperos verdes, como salsinha e manjericão, podem ser usados para reforçar as comidinhas das crianças. "São melhores do que alho e cebola", fala o pediatra. Salsinha batida com azeite e temperada com sal a gosto pode ser pincelada sobre a pizza, que ganha mais pontos no ranking da alimentação saudável.

Outra ideia dada por Spalter é cozinhar um ou mais maços de espinafre em água e sal, bater no liquidificador e coar. Depois de esfriar, a mistura pode ser colocada em forminhas de gelo e ser usada no preparo das refeições das crianças em vez de caldo de legumes industrializado.

Para o médico, os pais devem dosar entre "esconder" vegetais em pratos que os filhos gostem, caso da pizza e do molho citados, e apresentá-los como são de fato nas refeições. "O importante é que a criança não deixe de se beneficiar dos alimentos."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Estilo
UOL Estilo
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
ItMãe
Folha de S. Paulo
do UOL
Topo