Bebês

Chupeta decorada com strass pode colocar bebê em risco

Getty Images
As pedras que decoram a chupeta podem se soltar e serem engolidas pela criança Imagem: Getty Images

Jéssica Nascimento

Do UOL, em Brasília

03/03/2015 07h03

A moda de chupetas decoradas com pedras como strass e pérolas falsas tem despertado a preocupação de médicos e entidades, como a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) e a ONG Criança Segura.

"Já atendi casos em que a mãe procurou o pronto-socorro porque o bebê engoliu pedras que soltaram da chupeta. Também tenho relato de outra que um strass entrou no olho da criança”, afirma Vânia Gato, pediatra e neonatologista pela Santa Casa de São Paulo e criadora do perfil “S.O.S Pediatra” no Facebook e no Instagram.

Além de a decoração se soltar, outro risco que o acessório oferece é em função da cola utilizada para fixar as pedras. A substância é tóxica e pode acabar sendo ingerida ou inalada.

“Como alguns artesãos recomendam que a chupeta não seja submetida a elevadas temperaturas pelo risco de as pedras soltarem, a esterilização do produto acaba afetada”, fala Vânia, alertando que o acessório pode acumular sujeira.

Veja medidas que tornam a casa segura para crianças. As dicas estão divididas por ambientes

Confira

Para a pediatra Carmen Lúcia Leal, do Departamento de Aleitamento Materno da SBP, as chupetas personalizadas oferecem inúmeros riscos e não devem ser usadas. “Tenho motivos suficientes para ser contra o uso. Vamos ter bom senso e deixar o modismo de lado", sugere a médica.

Segundo o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), as chupetas comuns são regulamentadas pela autarquia em conjunto com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e, portanto, devem atender a requisitos técnicos e procedimentos de avaliação de conformidade para serem colocadas à venda no mercado. Ao ganharem uma decoração, o item passa a ser considerado um outro produto e deveria ser submetido a uma nova avaliação, o que não acontece.

Atualmente, o órgão estuda medidas para o controle do problema, como a determinação da proibição da personalização de produtos de uso infantil, especialmente aqueles que são levados à boca, como as já citadas chupetas e, também, mamadeiras.

“O certo é não usar. Quem, ainda assim, opta por utilizar, deve supervisionar a criança sempre. Existem muitos modelos diferentes no mercado, com certificação de segurança. Chupetas com pedras são perigosas, independentemente de serem caras ou não”, fala a pediatra Vânia Gato sobre o modelo que custa, em média, R$ 140.

A ONG Criança Segura, organização que tem como missão promover a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos, também desaconselha o uso da chupeta decorada.

A assistente contábil Keyla Regina, 33 anos, comprou uma chupeta dessas por R$ 50 para a filha Lohanna, de dois anos. O produto era cravejado de strass, incluindo o prendedor para colocar na roupa. Com apenas uma semana de uso, as pedrinhas começaram a se soltar.

Arquivo Pessoal
Depois de pedras soltarem, Keyla não deixou mais a filha usar a chupeta Imagem: Arquivo Pessoal

“A chupeta não é confiável. Após as higienizações, percebia que o strass ia se soltando. Um dia, a Lohanna puxou o prendedor e voaram pedrinhas para todos os lugares. Um perigo enorme", relata.

A estudante de fisioterapia Beatriz Rangel, 22, mãe de Julya, de dois meses, conta que a menina tem três chupetas personalizadas e nunca teve nenhum problema com os produtos. "Optei por elas serem mais bonitas do que as convencionais. Sempre estou observando quando a Julya está com a chupeta na boca. Tem de ter muito cuidado. De vez em quando, mexo para ver se alguma pérola está solta, mas nunca aconteceu nada".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Estadão Conteúdo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
ItMãe
Folha de S. Paulo
do UOL
Guia do Bebê
Maternar
Disney Babble
Revista Ana Maria
do UOL
Folha de S. Paulo
Vya Estelar
do UOL
Disney Babble
It Mãe
Revista Ana Maria
Topo