Estilo de vida

Nos EUA, 80% dos jovens se consideram "muito importantes"

Getty Images
Jovens têm comportamento narcisista e ambicionam a fama Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/05/2015 16h11

 

Durante levantamento de dados sobre o narcisismo nos Estados Unidos para escrever o livro "The Road to Character" ("O Caminho para o Caráter", em tradução livre do inglês), ainda sem lançamento previsto no Brasil, David Brooks descobriu que 80% dos adolescentes americanos se consideram "muito importantes". Em 1950, apenas 12% dos jovens se viam dessa maneira.

"As pessoas estão muito cheias de si", afirma o americano Brooks, que é colunista do jornal "New York Times".

Para o pesquisador, a consequência da autoestima mais elevada dos adolescentes foi o anseio pela fama. Enquanto em uma pesquisa de 1976, “ser famoso” aparecia na 15ª posição de uma lista de 16 possíveis objetivos de vida, em 2007, 51% dos jovens disseram que a fama era uma de suas principais ambições.

Ainda no livro, Brooks afirma que ser assistente pessoal de uma celebridade é mais interessante para meninas do ensino médio do que ser presidente da Universidade de Harvard.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Estilo de vida

Topo