Gravidez e filhos

Estudo afirma que quanto maior a família, mais felizes são os pais

Getty Images
Ter mais de quatro filhos gera satisfação Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

17/09/2015 11h14

Uma pesquisa recente concluiu que pais que têm ao menos quatro filhos são mais felizes. Em segundo lugar, ficaram os pais que se identificaram como gays, lésbicas ou transgêneros. As informações são do jornal britânico "Daily Mail".

O estudo, ainda não publicado, foi comandado por Bronwyn Harman, uma professora conferencista na Faculdade de Psicologia e Ciência Social da Universidade Edith Cowan, na Austrália, que entrevistou 950 pais, das mais diversas configurações familiares, ao longo de cinco anos.

Eles foram convidados a preencher um questionário que avaliou o grau de apoio social que a família recebia, o nível de satisfação em relação à vida, bem como seus patamares de autoestima e autoconfiança.

A partir das respostas, a pesquisadora criou um ranking para as diferentes categorias de pais. Para ela, embora o senso comum diga que ter muitos filhos custe caro e cause estresse, quem vive esse tipo de situação parece gostar. “É exatamente o caos de uma grande família que alegra esses pais”, afirmou para o veículo.

Outra explicação é que crianças com muitos irmãos aprendem a ter responsabilidade cedo, ajudando a cuidar das menores.

Sobre o bom resultado do grupo LGBT, Harman explica: “eles lutaram muito para ter esses filhos, são crianças muito desejadas”. Casais do mesmo sexo também foram considerados os mais capazes de lidar com as adversidades, sem se preocupar com a opinião dos outros a seu respeito.

De acordo com o estudo, o grupo com menor índice de satisfação familiar foi o formado por pais solteiros. Uma das explicações para isso é que eles têm mais dificuldades de conseguir tempo livre para cuidar dos filhos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
Topo