Gravidez e filhos

Americanos contrários à vacinação infantil são ricos e brancos, diz estudo

Getty Images
Pais ricos vacinam menos seus filhos Imagem: Getty Images

Nicholas Bakalar

The New York Times

31/12/2015 14h59

 

As pessoas que mais frequentemente não permitem que os filhos sejam vacinados são brancas, bem-educadas e ricas, de acordo com um estudo recente.

A pesquisa, publicada na edição de janeiro do “American Journal of Public Health” utilizou dados do governo da Califórnia sobre “dispensas por crenças pessoais”, ou seja, sobre pais que optaram por não terem os filhos vacinados. Entre 2007 e 2013, o índice dobrou, chegando a 3,06%.

Os pesquisadores revisaram os dados de alunos do jardim do Estado durante esse período. Mais de 17 mil crianças, matriculadas em 6.911 escolas, não receberam as doses recomendadas.

O percentual de dispensas geralmente é mais alto em regiões onde a renda e a escolaridade são maiores e a população é predominantemente branca. Nas escolas particulares, 5,43% das crianças foram dispensadas, enquanto que nas escolas públicas a média foi de 2,88%.

Em algumas áreas suburbanas, os índices de dispensa chegavam a quase 50% e mais de um quarto das escolas californianas apresentaram casos de índices de imunização contra o sarampo inferiores aos 92 a 94% necessários para a imunidade da população, ou seja, para proteger as pessoas que não estão imunes.

O principal autor do estudo, Y. Tony Yang, professor associado na Universidade George Mason, afirmou que campanhas de vacinação mais amplas são fundamentais para a saúde pública. As descobertas “destacam a importância de uma abordagem focada em determinadas comunidades”, concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo