Gravidez e filhos

Aplicativo ajuda pais a identificarem motivo de choro do bebê recém-nascido

Do UOL, em São Paulo

11/02/2016 17h16

Pais de primeira viagem costumam ter muita dificuldade para compreender por qual motivo o filho bebê chora. Será fome, sono, dor ou algum incômodo? A incompreensão pode gerar ansiedade e estresse, além de muitas noites sem dormir.

Mas agora um aplicativo para celular promete facilitar essa tarefa. Criado pela empresa australiana DBL (Dunstan Baby Language), o Baby Ears baseia-se no método criado pela musicista australiana Priscila Dunstan a partir de sua própria experiência como mãe.

Ao observar o filho, Tomas, chorando, Priscila identificou cinco padrões de som: "neh" (fome), "eh" (gases), "heh" (desconforto), "owh" (sono) e "eairh" (cólica).

Depois de estudar bebês de diversas partes do mundo, ela notou que os sons eram, na verdade, uma linguagem universal, que se repetia em recém-nascidos, independentemente da etnia ou da cultura local.

Divulgação
Baby Ears funciona em iOS Imagem: Divulgação

Disponível para iOS, o aplicativo oferece aulas, vídeos e dicas para treinar os pais a agirem de maneira mais rápida e precisa, de acordo com a necessidade do filho. O Baby Ears pode ser usado em IPhone e IPad e custa US$ 3,99 (cerca de R$ 16). 

No site da fabricante, uma das usuárias escreveu: “Eu estava estressada por não saber por que razão meu bebê estava chorando. Consegui aprender o significado de cada som, testá-los e, mais importante, comparar os sons produzidos pelo meu bebê com os do aplicativo. Meu único arrependimento foi não descoberto antes”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo