Infância

Revista para pais é acusada de encorajar maus hábitos alimentares e cesárea

Reprodução/Facebook
Anúncio da Unimed veiculado na página da revista "Pais & Filhos" Imagem: Reprodução/Facebook

Adriana Nogueira

Do UOL

13/02/2017 12h47

Uma ação publicitária da Unimed, veiculada na revista "Pais & Filhos" (Manchete), está sendo criticada por causar a impressão de fazer apologia à cesárea por conveniência. 

O anúncio, publicado na página do Facebook da revista com o selo #EsperarPraQuê, diz: "Na maioria das maternidades, o acesso às UTIs neonatais é livre para os pais". Isso fez com que grupos de defensores do parto natural iniciassem um boicote às duas empresas nas redes sociais. 

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook


De acordo com a cooperativa médica, o anúncio tinha como objetivo destacar o acesso à UTI Neonatal sem horários estipulados, que seria oferecido aos pais na maioria das maternidades que a compõe.

"A dúvida é resultado da associação do texto do post com o selo da campanha em um material que tem a Unimed do Brasil como responsável pela divulgação do conteúdo. Por isso, a cooperativa se desculpa e está esclarecendo as dúvidas dos seguidores na fanpage da revista Pais & Filhos, parceira da iniciativa", explicou a empresa, em comunicado enviado por e-mail ao UOL.

Ainda de acordo com o texto, a campanha #EsperarPraQuê, que existe há três anos, “tem orientado diversos pais sobre como cuidar melhor de seus filhos, desde o pré-natal até a pré-adolescência, por meio de matérias, entrevistas, vídeos educativos e conteúdo para redes sociais”, informou a empresa.

A polêmica foi levantada em um post na página do site “Mamatraca” --polo de conteúdo independente sobre a criação de filhos-- no Facebook. No mesmo post em que tratava da Unimed, o “Mamatraca” criticava outras duas ações publicitárias veiculadas na página da “Pais & Filhos”: uma do suplemento Pediasure e outra do achocolatado Toddynho.

Reprodução/Facebook
Post do "Mamatraca" sobre as ações da Unimed, Pediasure e Toddynho Imagem: Reprodução/Facebook

Sobre os produtos, dizia a publicação do Mamatraca: “Uma campanha publicitária para vender açúcar, em prol de alimentação saudável” (referindo-se ao Pediasure) e “Uma campanha publicitária em prol do leite de vaca para vender açúcar” (sobre o Toddynho).

A ação do Pediasure estava vinculada ao texto “10 passos (fáceis e divertidos) para ajudar seu filho a comer melhor”, inicialmente, assinado como se fosse uma reportagem, por Elisa Marconi.

Na sexta-feira (10), após contato da reportagem com Andrea Caruso, gerente comercial da “Pais & Filhos”, alertando para o fato, o nome de Elisa foi substituído por um selo “Publieditorial”. Andrea, entretanto, não esclareceu se Elisa é membro da redação do veículo ou integrante da equipe comercial.

Para o UOL, a Abbot, empresa que fabrica o Pediasure, disse que não promove “a substituição de uma dieta balanceada pela suplementação na dieta de adultos ou crianças”. A companhia ainda ressaltou, em um e-mail, que seu produto só deve ser indicado por pediatras ou nutricionistas para “perfis específicos de crianças que apresentam dificuldades alimentares capazes de comprometer o desenvolvimento infantil saudável, físico ou cognitivo”.

O anúncio sobre o Toddynho trazia o texto “Mãe, quero leite! A gente vai mostrar de uma vez por todas por que ele é importante”. O material estava identificado como conteúdo publicitário desde o início.

Questionada sobre os anúncios em sua página no Facebook, a gerente comercial da revista respondeu, por e-mail: “Nossos departamentos comerciais e de conteúdo são muito bem separados na editora. Quanto as reações no post de Mamatraca, estamos acostumados a divergências de opiniões e acreditamos que as pessoas devem se manifestar livremente nas redes sociais. Quanto aos conteúdos citados, tratam-se de publieditoriais e branded content, formatos comerciais comuns na mídia e que não agridem em nada nosso conteúdo e muito menos nossa credibilidade”.

A Pepsico, detentora da marca Toddynho, não se manifestou sobre as críticas até a publicação desta reportagem, nesta segunda-feira (13). Caso responda ao contato da redação, este link será atualizado. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Revista Ana Maria
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Notícias - Cotidiano
do UOL
UOL Notícias - Cotidiano
do UOL
do UOL
Gravidez e Filhos
Disney Babble
Topo