Gestação

Filhos de mães mais velhas tendem a ser mais inteligentes, segundo estudo

Getty Images
Nos estudos comparados, crianças de 10 ou 11 anos fizeram testes de habilidade cognitiva Imagem: Getty Images

Do UOL

16/02/2017 08h46

Um estudo da London School of Economics em parceria com a instituição Max Planck Institute for Demographic Research descobriu que crianças nascidas de mães mais velhas tendem a ter melhor desempenho em testes de inteligência. A descoberta se deu a partir da análise dos dados de três grandes estudos realizados no Reino Unido, nos anos de 1958, 1970 e 2001, segundo o jornal “The Independent”.

Crianças nascidas em 1970 de mães com idade entre 25 e 29 anos tinham performance melhor em testes de habilidade cognitiva do que as filhas de mães dez anos mais velhas. A mesma conclusão havia sido obtida com os nascidos em 1958. Os participantes do estudo tinham dez ou 11 anos.

Ao se debruçarem sobre os três estudos, os pesquisadores da London School e do instituto conseguiram identificar os fatores responsáveis pelo jogo ter virado. Nos dois primeiros, eram mulheres mais velhas que estavam tendo o terceiro ou quarto filho. No mais recente, eram mães de primeira viagem, investindo seus recursos materiais e sua atenção na criação do filho.

Percebeu-se que as mães mais velhas de hoje tendem a ter vantagem sobre as do passado, pois têm educação e emprego melhores e baixa probabilidade de fumar durante a gravidez.

“Nossa pesquisa é a primeira a olhar para como as habilidades cognitivas das crianças nascidas de mulheres mais velhas mudaram ao longo do tempo e para o que deve ter sido responsável por essa mudança”, afirmou a médica Alice Goisis, líder do estudo, para o “The Independent”.

A especialista ainda acrescentou que a habilidade cognitiva é importante por si só e porque é um forte indicador de como a criança se sairá mais tarde, em termos de escolaridade, na vida profissional e na saúde.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Comportamento
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo