Gravidez e filhos

Como funciona a doação de leite materno no Brasil e como participar dela

iStock
O que falta para que mais mulheres se sintam incentivadas a doar? Imagem: iStock

Natacha Cortêz

Do UOL

20/09/2017 04h00

Das coisas que funcionam bem na área da Saúde no país, ainda que de forma um tanto tímida, está a doação de leite materno. O Brasil é considerado pela Organização Mundial de Saúde referência mundial na questão e exporta sua tecnologia para outros 25 países. Não só temos uma das redes de doação mais abrangentes - são 221 Bancos de Leite Humano e 199 postos de coleta, segundo o Ministério da Saúde -, como o maior número de doadoras - 171 mil mulheres, também de acordo com o órgão.

Brasil representa mais de 70% do armazenamento do mundo

Para se ter ideia da dimensão do que é a doação de leite materno por aqui, hoje, o que temos representa 72,9% de todo o armazenamento do planeta. Porém, mesmo exemplar, o cenário ainda não é o ideal. Apenas 60% da nossa demanda consegue ser atendida. Por quê? O que falta para que mais mulheres se sintam incentivadas a doar?

Para Danielle Aparecida da Silva, coordenadora do banco de leite do Instituto Fernandes Figueira, na cidade do Rio de Janeiro, falta esclarecimento e sobra tabu. “As mulheres podem pensar que se doarem vai faltar leite para os filhos delas. Não faz sentido. Quanto mais você amamenta seu bebê, mais leite produz. Isso porque a produção depende do esvaziamento da mama. Outro mito que deve ser desconstruído: não é exigida uma quantidade mínima de leite para a doação. Você não precisa esperar encher o pote para fazer a entrega.”

Com informações do Ministério da Saúde e da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, respondemos as principais dúvidas sobre doação de leite materno e te mostramos como fazer para contribuir. 

Bancos de leite?

Isso mesmo. Os Bancos de Leite Humano são iniciativas públicas vinculadas a hospitais infantis e maternidades que promovem a coleta, controle de qualidade e distribuição de leite materno — tudo sob regulamentação da resolução RDC nº 171, da Anvisa. Essas instituições coletam em domicílio as doações de mulheres com leite excedente, ou diretamente em um posto de coleta, e distribuem para recém-nascidos em UTIs neonatais. "Além disso, bancos de leite também são casas de apoio à amamentação. Estamos aqui também para atender mulheres com dificuldades na amamentação e orientá-las", explica Danielle. 

Onde estão os bancos de leite materno?

Existem bancos por todo o território nacional. O site Doe leite materno disponibiliza uma ferramenta de pesquisa que funciona através de CEP. Já a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, disponibiliza a pesquisa por Estados.

A qualidade do leite

O controle de qualidade começa na doadora. "Quando ela liga, ou vai até um posto, fazemos uma breve entrevista com ela e recolhemos os últimos exames do pré-natal", diz Danielle. Quando recebido, todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um controle de qualidade antes de ser ofertado a uma criança. Como dito acima, a Anvisa regulamenta cada procedimento. 

Quem recebe o leite doado?

Bebês prematuros e recém-nascidos que por algum motivo não conseguem mamar e, ou, não podem contar com leite de suas mães.

Qualquer mulher pode doar?

A princípio, qualquer mulher saudável, que esteja amamentando, tenha leite excedente e não tome medicamentos que impeçam a doação, pode.

iStock
O leite pode ser coletado em casa e congelado por até 15 dias antes da doação Imagem: iStock

Quero doar. Por onde começo?

Entre em contato com um banco próximo de você para saber se o melhor é você ir até um posto de coleta ou optar por fazer isso em casa. Se for em casa, há processos simples, porém indispensáveis, que devem ser seguidos: como preparar o frasco para coletar o leite; como retirar, ou ordenhar, o leite; como guardar o leite retirado. Tudo deve ser explicado quando você ligar. Importante: se for retirado fora do posto, deve ser imediatamente colocado no congelador e pode ficar ali até 15 dias antes de ser entregue em um hospital.

Os bancos retiram as doações?

Se você mora em uma cidade com Unidade Neonatal, possivelmente encontra um banco de leite ou posto de coleta que pode retirar a doação na sua casa. Entre em contato para saber se possuem serviços de coleta domiciliar ou ligue para o Disque Saúde, no número 136

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
BBC
do UOL
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog Lado B
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo