Gestação

Da vergonha ao orgulho, leitoras do UOL falam sobre a cicatriz da cesárea

Bruna Sanches/UOL
Imagem: Bruna Sanches/UOL

Do UOL, em São Paulo

20/09/2017 04h00

A reportagem "Lembrança de você", publicado nesta terça-feira (19), mobilizou as leitoras nas redes sociais. Foram mais de 300 comentários e 2.300 curtidas de mulheres que compartilharam suas histórias com a cicatriz da cesárea nas páginas do Facebook do UOL

A partir da história comovente de quatro mães, o especial mostra que o problema vai além da preocupação estética e não deve ser tratado como mimimi. Para muitas delas, a marca representa a rejeição ao corpo pós-gestação ou a frustração por não ter tido um parto normal. 

Confira aqui, alguns deles:

Bruna Sanches/UOL
Imagem: Bruna Sanches/UOL

"Tive meus dois filhotes por cesárea, foi tudo tão perfeito... A minha cicatriz é um risco, quase não dá para perceber e tenho muito orgulho dela!", Kellen Alves.

"A coisa mais normal é a mulher se sentir desconfortável com o próprio corpo após o parto. Mesmo que tenha engordado pouco e passado pelo parto normal, as alterações bruscas de hormônio refletem no humor. Ainda juntam noites sem dormir, angústia sobre o choro do bebê, etc. Não é fácil. Precisa de muito apoio", Maria José de Araújo Costa.

"Minha cicatriz ficou pequena e fininha, quase imperceptível. Mas, às vezes, quando o elástico da calcinha fica em cima, sinto um incômodo, um pouco de dor local", Mônica Dantas.

Eu odeio a minha. E nem vem com o 'blá blá blá' de ‘marquinha do amor’. Eu não preciso estar marcada para sentir amor por um filho, Joelma Silva 

"A minha ficou imperceptível, mas sei que para a maioria não é assim. Já a barriguinha, está aqui... Mas ando me preocupando com coisas mais importantes", Lizi Nogueira.

É complicado isso. Tenho duas cesáreas e o que me incomoda é a dor que sinto na cicatriz, o desconforto, Jaque Rodrigues

 

"A minha cicatriz não me incomoda. Não ficou perfeita como eu queria, pois inflamou bastante. Mas nunca me importei, até esqueço dela às vezes. Só que nem sempre é assim. As mulheres sofrem depois depois do parto, pois, infelizmente, não conseguem aceitar seu novo corpo e as marcas deixadas", Alexandra Olivreira.

Bruna Sanches/UOL
Imagem: Bruna Sanches/UOL

"A marca mais linda de todas, nenhuma tatuagem traria um símbolo tão lindo para mim... um significado imensurável", Rafaele O. Lima.

Não gosto! Me da agonia de tocar nela, ainda é estranho (um ano e dois meses depois do parto). E, sim, sim me lembra a frustração por não ter conseguido o parto normal, Vanessa Azevedo

"A minha cicatriz é a marca do amor, do sonho realizado e da presença de Deus em minha vida. Amo a cicatriz e, em especial, o filho que passou por ela. Sou plena", Adeires Barbosa.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Especiais
do UOL
do UOL
UOL Estilo
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo